Veículos roubados foram recuperados por policiais militares
Na Br Engenheiro Isaac Bennesby, em frente ao Campus da Unir, em Guajará-Mirim/RO, na manhã deste domingo, 19, duas motocicletas roubadas e com placas da cidade de Ariquemes/RO foram recuperadas. Duas mulheres foram presas e dois adolescentes apreendidos, sendo que um deles confessou ter praticado os roubos dos veículos.
Conforme dados repassados a reportagem do Jornal e site O Mamoré, um policial militar avistou quando duas motocicletas transitavam pela rodovia sentido Nova Mamoré/Guajará-Mirim, aproximando-se e reconhecendo serem veículos com placas do município de Ariquemes, informando dados dos veículos a Central da Polícia Militar em Guajará-Mirim. Os condutores das duas motocicletas modelo Biz, de cor vermelha, OHO 0159 e NDA 6101, esta com documentação do veículo, após consulta foi constatado que tratava-se de veículos roubados em Ariquemes.  Cristina Dayse Abegg, de 31 anos, conduzia o veículo com documentação e não colaborou com informações os policiais, já o condutor da outra motocicleta, um adolescente de 16 anos delatou a família no crime. 
 Cristina flagrada conduzindo uma das motocicletas
  Segundo o adolescente, vendeu por R$ 1.000,00 as duas motocicletas para um adolescente de 17 anos, enteado de Cristina que vive com a mãe deste. Ele e o outro adolescente de 17 anos conduziam as motocicletas, ao chegarem no Distrito de Palmeiras, zona rural do município de Nova Mamoré/RO, o adolescente de 17 anos passou a motocicleta para Cristina que seguia no veículo pickup Strada, placa NCH 1160, juntamente com Rosicler Pereira Nunes, de 39 anos, mãe do adolescente de 17 anos e amásia de Cristina. O veículo e a motocicleta com a documentação seguiam na frente do adolescente de 16 anos, como “batedor”, caso houvesse abordagem policial a fim de facilitar a fuga do adolescente. O adolescente de 16 anos,  residente em Buritis/RO, também confessou que praticou o roubo dos dois veículos em Ariquemes no último dia 16/11, disse também que foi preso no dia 11/11 e logo solto, praticando assim os roubos e confessou que as armas de fogo utilizadas nos crime ficaram nas mãos de seu comparsa. O adolescente de 16 anos ainda delatou que o outro adolescente já havia transportado veículos roubados para a Bolívia, tendo o contato de receptadores bolivianos. 
Veículo de Cristina era usado para dá apoio ('batedor') no delito
O veículo Strada deu defeito mecânico e ficou estacionado em um posto no município de Nova Mamoré, com o adolescente de 17 anos e a sua mãe, Rosicler, que logo após a entrega das duas motocicletas para um boliviano deveria dar apoio a Cristina e o adolescente. Um homem de nacionalidade boliviana mantinha contato com a família, efetuou uma ligação no momento da confecção da ocorrência policial, onde indagava pela “Choca” (Loira) e os veículos.
O adolescente de 17 anos confirmou ter adquirido os veículos por R$ 1.000,00 e pagaria o outro adolescente após a entrega dos veículos. Destacou ainda que ambos se conhecem de longas datas. O adolescente confessou que possui passagem na Polícia por: furto, roubo, porte de arma de fogo, receptação e tráfico de drogas.
Rosicler foi presa porque dava apoio durante o transporte dos veículos roubados
As motocicletas, o carro, os adolescentes e as duas acusadas foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, em Guajará-Mirim. Cristina e Rosicler foram autuadas em flagrantes e conduzidas para o presídio feminino, já os adolescentes foram liberados a um conselheiro tutelar. Os veículos serão restituídos aos seus proprietários.
Fonte: O MAMORÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem