Com toda uma extensão lateral do muro caído devido a ação temporal, com túmulos depredados ou saqueados, matagal tomando de conta e com seu interior servindo como abrigo para encontros sexuais e para a prática de toda a espécie de ilícitos, o Cemitério Santa Cruz, às vésperas do dia de Finados, necessita em caráter de urgência de melhorias internas e externas para receber a visita das pessoas àquele local de veneração à memória daqueles que fizeram parte da história da cidade ou que despertam saudades pelo simples fato de suas passagens pela vida terrena. 
    Sensível a esta situação, o vereador Kerling Brito (PODEMOS) encaminhou à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), pedido oficial em que solicita que se conjugue esforços no sentido tanto de restaurar a parede tombada como os demais reparos e serviços que se fazem necessários a fim de melhorar a imagem daquela necrópole. “Hoje é uma afronta às pessoas que visitam ou que transitam nas cercanias e também uma falta de respeito à memória daqueles que partiram para a vida eterna, o atual estado de abandono em que se encontra o cemitério Santa Cruz. Hoje, além do problema que se arrasta há várias administrações, que é o da superpopulação sepulta, existem ainda o problema do desleixo com este campo santo que precisa de cuidados como limpeza, manutenção, reforma na capela e reparos nos muros que estão caindo”, relatou o edil à reportagem.
    No mundo inteiro, os cemitérios são locais de respeito e veneração. Existem cemitérios que parecem parques cheio de árvores e flores. Outros se destacam pela paz e silêncio que inspiram. O acesso aos túmulos, na maioria deles, é facilitado por caminhos que mais parecem avenidas, calçadas ou não, mas livre de mato e buracos e aonde sempre está de prontidão um servidor que sabe indicar a localização exata de túmulos e jazigos de parentes e amigos. Em Guajará-Mirim, nos últimos tempos tem sido a coisa mais difícil do mundo as pessoas conseguirem localizar as sepulturas de seus entes queridos porque a maioria estão todas ocupadas por novos túmulos. Isto acontece porque já não há mais espaço para ocupação no cemitério Santa Cruz. 
 A reclamação do vereador Kerling Brito acontece num momento oportuno, haja vista a aproximação do dia de Finados: Em respeito aos ancestrais, faz-se preciso conservar o cemitério Santa Cruz com a realização dos serviços e reparos que atualmente necessita e muito mais urgente ainda, se faz preciso que se construa um novo campo santo a fim de suportar a lotação e o descanso eterno das almas futuras.

Fonte: Assessoria   

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem