Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 11 de setembro de 2019

Servidores cobram salários atrasados e paralisam atividades em Guajará-Mirim

Paralisação iniciou nesta quarta-feira, 11.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


Os servidores municipais da saúde que trabalham no Hospital Regional Perpétuo Socorro paralisaram temporariamente as atividades na manhã desta quarta-feira, 11, alegando atrasos nos pagamentos mensalmente realizado pela Prefeitura de Guajará-Mirim/RO. A paralisação foi uma decisão dos servidores em assembleia com o Sinsag (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Guajará-Mirim).
Ao adentrar no Hospital há um comunicado do Sinsag sobre a paralisação que não tem prazo para encerrar
No desfile cívico do dia 7 de setembro, um grupo de servidores juntamente com o Sinsag participaram do desfile vestidos de camiseta preta, com a escrita: “Luto pela saúde!” Os servidores da saúde manifestaram o pagamento em dia dos salários e convidaram a população para participar de uma Audiência Pública que vai acontecer no dia 03 de outubro, às 19h, na Câmara de Vereadores, com o tema “Valorização profissional e a Qualidade da saúde”.
No 7 de setembro um grupo de servidores desfilou com faixas reivindicando e convidando a comunidade
Nesta terça-feira, 10, o Sinsag emitiu um Comunicando  a população informando da paralisação dos servidores da Saúde, lotados no Hospital Regional, a partir de quarta-feira, 11, atendendo apenas os casos de emergência e nos Postos de Saúde funcionando 30% de seus atendimentos, o motivo  o Sindicato justifica pela falta de pagamento em dia dos profissionais, por parte da Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim. De acordo com o membro do Sinsag, Ademar Melo, os proventos estão sendo pagos atrasados. “Desde essa administração atual, apenas no mês de fevereiro, desse ano, uma vez foi pago em dia o salário, mas todos os meses o atraso chega a dez dias, como hoje por exemplo, é dia 11 e até agora os servidores não receberam referente ao mês de agosto. Lamentável, porque os colegas foram prejudicados com a semana da pátria, já que seus filhos não puderam desfilar com ao menos um sapato novo. E as contas, os juros continuam”, desabafou Ademar.
A seretária Aleide Fernandes enfatizou que a Semfaz tem se esforçado para realizar todos os meses o pagamento de cada servidor
Segundo a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), por meio da secretária Aleide Fernandes da Silva, não foi possível o pagamento por conta da diminuição nos repasses que a Prefeitura recebe mensalmente nos dias 10, 20 e 30. "Infelizmente caíram os valores dos repasses, não foi possível realizar o pagamento de todas as Secretarias. Gostaria muito de deixar em dia não só da saúde, mas de todos os servidores municipais", ratificou a secretária Aleide durante entrevista ao O Mamoré.
Uma reunião entre o secretário de Saúde, Douglas Dagoberto, a classe e equipe técnica estará acontecendo para redefinir uma data do pagamento referente ao mês de agosto.

Sinsag
Um grupo de funcionários se reuniram na Prefeitura Municipal juntamente com o Sinsag, para reivindicar o pagamento, que segundo eles deveriam ter sido pagos até o quinto dia útil deste mês, e todos os meses está gerando acúmulo de dívidas pessoais. Seguiram até o prédio da Promotoria Pública de Guajará-Mirim, onde com documento manifestaram a reivindicação e solicitaram o apoio daquela instituição.
Na manhã de quinta-feira, 12, um grupo de servidores da saúde estarão reunidos com vereadores para solicitar apoio.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: