Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 16 de agosto de 2019

Presidente da OAB/RO e cônsul boliviano debatem sobre situação na fronteira

O objetivo do encontro foi criar uma interlocução entre Brasil e Bolívia sobre situações comuns aos dois países.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), Elton Assis, recebeu em agenda institucional, na tarde desta quarta-feira (14), o cônsul boliviano José Alexander Guzmán Maldonado e o professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) Delson Fernando Barcellos Xavier.
O objetivo do encontro foi criar uma interlocução entre Brasil e Bolívia sobre situações comuns aos dois países, como comércio exterior, relações entre as duas nações e tratados internacionais que não estão sendo respeitados.
Elton Assis salienta que a interlocução entre as fronteiras sempre é significativa e necessária. “É importante debater sobre temas que afetam diretamente os rondonienses e também os bolivianos, como a economia e legislação para a área de fronteira. A prosperidade vem junto com a harmonia entre os povos”.
O Cônsul Alexander Guzmán (e) explando
O cônsul boliviano fala que já viu tempos melhores em Guajará-Mirim e Guayaramerin e que agora as cidades estão paradas. Também falou que o consulado está buscando dias melhores para a fronteira. “Há temas importantes que incubem aos dois países. Somos filhos dos dois países e queremos o progresso”.
O secretário-geral da OAB/RO e presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas, Márcio Nogueira, diz que “o caminho do nosso desenvolvimento passa pela parceria com nossos irmãos bolivianos, na intensificação do intercâmbio cultural e comercial entre nossos povos”.
O professor Delson, que intermediou a agenda institucional, comenta que há uma pauta extensa de problemas comuns às duas cidades da fronteira. “Em Guajará-Mirim, mora um número expressivo de bolivianos, ou seja, são problemas que eles estão enfrentando que são comuns aos dos cidadãos brasileiros. Eles são nossos irmãos, então, a gente tem que pensar em resolver os problemas para gerar desenvolvimento para aquela região e para o Estado de Rondônia”.

Fonte: Assessoria OAB.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: