Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 31 de julho de 2019

Bolsonaro recebe empresários e promete visitar RO em setembro

Jair Bolsonaro garantiu que em 19 de setembro estará em Rondônia para agenda oficial, quando deverá consolidar os pleitos dos empresários.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


O presidente Jair Bolsonaro recebeu ontem (30) em audiência no Palácio do Planalto, a comitiva de empresários rondonienses para tratar da ampliação portuária, visando o mercado de exportação e importação. A audiência foi agendada e acompanhada pelo deputado Coronel Chrisóstomo de Moura (PSL-RO), e a comitiva liderada pelo vice-governador, José Jodan. O presidente garantiu investir na infraestrutura do porto de Guajará-Mirim e construir um porto em Costa Marques, ambos municípios fazem fronteira com a Bolívia.

Esses portos funcionarão como extensão do Porto Organizado de Porto Velho, aproveitando a estrutura alfandegária e de controle sanitário já existente. “Dessa forma fica mais fácil consolidar o projeto”, recomendou Bolsonaro. Outro assunto discutido foi a internacionalização do Aeroporto Governador Jorge Teixeira, de Porto Velho, para receber voo de outros países. Essas pautas fazem parte do projeto de ampliação dos negócios de importação e exportação devendo beneficiar diretamente sete segmentos empresariais do estado.

Jair Bolsonaro garantiu que em 19 de setembro estará em Rondônia para agenda oficial, quando deverá consolidar os pleitos dos empresários. Também está prevista na visita a inauguração da ponte do Abunã, ligando Rondônia ao Acre, consolidando o projeto da rodovia Transoceânica que chega aos portos do Chile, dando acesso ao continente asiático pelo oceano Pacífico.

Portos Internacionais
A ampliação do porto de Guajará-Mirim e a construção de outro porto em Costa Marques são projetos importantes para os negócios entre Brasil e Bolívia. A indústria rondoniense tem diversos produtos para vender ao País vizinho, mas a burocracia emperra os negócios. O empresário Francisco Holanda, que integrou a comitiva, disse que a melhor alternativa a implantação da ZPE (Zona de Processamento de Exportação) que proporciona vantagens para os negócios de importação e exportação.
Bilateral

A organização dos portos na fronteira Brasil e Bolívia será bom para os dois países, e mais exclusivamente para Rondônia, que poderá comprar da Bolívia minérios como o fosfato de potássio, sal, e ureia. Esses produtos são de grande utilidade na produção animal como suplementos e ainda para fertilização de solo agrícola. Outros produtos como azeitona, batatas e cereais também são produzidos em grande escala na Bolívia.

Audiência de empresários rondonienses com o presidente Jair Bolsonaro.
De outro lado, Rondônia venderia minério de calcário (útil na reposição de solo agrícola) e dezenas de outros produtos industrializados dos segmentos de mineração, agronegócio, piscicultura, cafeicultores, industriais e do comércio.

O vice-governador José Jodan entende que essa abertura comercial dará a Rondônia possibilidades reais de ampliar as vendas e aumentar a receita, pois exportaria além da Bolívia, para outros países como Peru e Chile que estariam na mesma rota.

Bolívia
Um dia antes de reunir com o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, a comitiva rondoniense esteve em visita ao embaixador da Bolívia no Brasil, José kinn Franco, onde se debateu sobre as mesmas possibilidades de investimento do lado boliviano. O embaixador informou que a Bolívia tem interesse nesse comércio bilateral e fará os investimentos necessários para equipar o padrão de embarques e desembarques de cargas, além de desburocratizar o sistema de comércio exterior.

BR-364
Outra proposta apresentada pela comitiva rondoniense ao presidente Bolsonaro pede a duplicação da BR-364, no trecho entre Pimenta Bueno a Jaru, onde o tráfego é mais complexo e atrasa as viagens. Nesse percurso estão as interligações com a maioria dos municípios do estado, o que aumenta o fluxo de veículos. O pedido será analisado pelo Ministério dos Transportes.


Fonte: Diário da Amazônia.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: