Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 14 de junho de 2019

PM prende acusados e receptador após assalto

Os assaltantes foram autuados em flagrante pela prática do crime de roubo e o comprador do aparelho celular roubado por receptação, posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dois rapazes foram presos e o receptador também, após policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (6º BPM) conseguirem chegar a um dos assaltantes de um aparelho celular. Droga, arma de fogo e objetos de origem duvidosa foram apreendidos na noite de quinta-feira, 13, no município de Guajará-mirim/RO.

Além do aparelho celular da vítima outros dois foram apreedidos por apresentar procedência duvidosa
Duas mulheres caminhavam pela Avenida Antônio Correia da Costa, bairro Serraria, aproximadamente às 20hs, quando dois homens em uma motocicleta de cor preta se aproximaram e o garupa enfiou a mão no bolso da mulher de 32, mas não conseguiu retirar o aparelho celular, colocando a mão por baixo da camiseta insinuando estar armado e exigiu o celular. Uma testemunha conseguiu visualizar a placa numeral NCE 6825, da motocicleta modelo Titan. Policiais militares chegaram ao local do assalto e foram informados da placa, após pesquisa identificaram o endereço da proprietária da motocicleta. A mulher foi localizada em sua casa no bairro Planalto e indagada sobre a motocicleta, ela confirmou ser de sua propriedade, no entanto seu filho Danilo Vargas, de 21 anos, saiu para comprar carne e não havia retornado. 
Por meio da placa da motocicleta foi possível chegar aos assaltantes. Veículo usado na prática do roubo está apreendido
As Rádio Patrulhas e policiais do Patrulhamento Tático Móvel – PATAMO, permaneceram nas imediações a procura do suspeito, que momentos depois foi visto adentrando em sua casa. Danilo foi indagado pelos policiais e a motocicleta apreendida. O acusado de conduzir a motocicleta no momento do assalto, confessou que seu comparsa e que usava a arma foi Edivando Fernandes da Silva, de 34 anos, residente no bairro Planalto. Os policiais se dirigiram até a casa do segundo acusado de roubo, não o localizando. Momentos depois Edivando transitava pelo bairro Nossa Senhora de Fátima quando foi abordado. Indagado sobre o aparelho celular tomado em assalto, o acusado apontou a residência situada no bairro Próspero, de Giovani Ferreira Lima, de 21 anos, a quem teria vendido por R$ 80,00 o aparelho roubado.
Arma encontrado na casa de Giovani
Os policiais seguiram até a casa de Giovani, com a permissão de sua genitora o aparelho celular foi encontrado, bem como objetos de procedência duvidosa. Na revista ao quarto de Giovani foi apreendida uma arma caseira, um prato de cozinha com resquícios de droga, uma trouxinha, uma sacola contendo vários pedaços de saco plástico, provavelmente usados para embalar substâncias entorpecentes. Os policiais notaram que a casa funcionava como ponto de comercialização de drogas.
Edivando confessou ter feito o convite ao colega para fazer uma “fita”, Danilo topo e pegou emprestada a motocicleta do irmão, assim foram a procura de vítimas e depararam com as mulheres que caminhavam pela rua. Posteriormente disse ter vendido o aparelho pela quantia de R$ 100,00, com o dinheiro disse ter comprado comida. Já Giovani diante da delegada plantonista confessou ter comprado o aparelho celular roubado pelo valor R$ 80,00, afirmando ainda que Edivando sempre aparece no bairro vendendo objetos roubados. Os assaltantes foram autuados em flagrante pela prática do crime de roubo e Giovani por receptação, posse ilegal de arma de fogo e  tráfico de drogas.
Fonte: O MAMORÉ






Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: