Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 15 de junho de 2019

Mãe e filho são presos acusados de comercializar drogas em residência

A mãe de 50 anos e um filho de 25 anos foram presos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, após cumprimento de mandado de busca e apreensão.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


A mãe de 50 anos e um filho de 25 anos foram presos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, após cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Comarca de Guajará-Mirim/RO. Policiais civis, do Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic), Divisão de Homicídios (D.H.) e Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron) em trabalho conjunto de investigação, realizaram o levantamento de como funcionava a "boca de fumo" no bairro Santa Luzia, bem como a prisão dos acusados e apreensão do material usado para a venda.

Após investigação, a Justiça por meio da Comarca de Guajará-Mirim emitiu um mandado de busca e apreensão na tarde desta sexta-feira, 14, a ser cumprido na residência situada a Avenida Mário Peixe, 2817. Os policiais chegaram na casa e encontraram os moradores: Silvana Rodrigues da Silva, vulgo "Loira", seu filho Maicon Douglas de Oliveira e um outro filho menor de idade. "Loira" e o filho Maicon se revezavam na entrega da substância entorpecente para os dependentes químicos que ali adquiriam, o dependente aguardava em uma sala, enquanto ela ou o filho ia buscar dentro da casa o papelote, e assim faziam vice versa, como também a confecção das embalagens das drogas que ocorria no quarto de cada um. Um caderno usado para embalar, uma balança, uma TV 55" polegadas, de procedência duvidosa foram apreendidos, além de uma faca, uma lanterna com resquícios de droga, em meio as meias de Maicon foi encontrada uma porção de droga, 04 sacos com bicarbonato de sódio e uma porção, usada na multiplicação da cocaína, também foram apreendidos. Atrás da TV foi encontrada escondida uma arma de fogo cano longo (Rossi) e uma arma similar encontrada no guarda roupas de Silvana, de acordo com informações repassadas ao jornal e site O Mamoré, pela Polícia, as armas eram usadas para ameaçar os usuários de drogas quando reclamavam do troco ou da quantidade da droga adquirida.
A quantia de R$ 656,70 em miúdos, como notas de R$ 5,00, valor de um papelote, foram encontrados dentro de um calçado da mulher. Vários aparelhos celular foram apreendidos, inclusive o usado pelos moradores da casa, onde uma minuciosa investigação será realizada e os demais aparelhos possivelmente de vítimas de furtos/roubos realizados por usuários e negociados na "boca de fumo". Na Delegacia de Polícia Civil, "Loira" assumiu comercializar a droga, assim como seu filho Maicon, e alegando que seu filho adolescente, de 17 anos, não sabia da comercialização de drogas. Maicon apenas confessou que o dinheiro apreendido foi de venda de drogas. Ambos também disseram que iriam se manifestar diante de um juiz, nada declarando mais.
Os documentos de Silvana apresentaram indícios de falsificação, foram entregues a Polícia Técnica-Cientifico (Politec) para constatação.
Mãe e filho foram autuados em flagrante pro tráfico de drogas e porte ilegal de armas, ela foi entregue no Albergue Feminino e ele no presídio masculino, estão à disposição da Justiça.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: