Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 24 de maio de 2019

PC desarticula mais uma residência que funcionava como "boca de fumo"

Paraguay foi preso em flagrante e seu irmão Santos Panique fugiu.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ao cumprirem o mandado de busca e apreensão expedido pela Comarca de Guajará-Mirim, policiais civis conseguiram desativar o comércio de substância entorpecente que supostamente pertencia a dois irmãos, conhecidos das Polícias. Ação contou policiais do Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic) e Divisão de Homicídios (D.H.), no final da tarde desta quinta-feira, 23, no bairro Jardim Esmeralda (Jardim das Esmeraldas), no município de Guajará-Mirim-RO.
Vil Panique jogou a cocaína na água para evitar o flagrante, mas a substância será extraída

A possível suspeita de que produtos furtados estariam sendo negociados na residência localizada a
Avenida Estevão Correia, 5654, de propriedade de Vil Panique Pedraza, de 34 anos, vulgo "Paraguay" e seu irmão Santos Panique Pedraza, de 33 anos, levantou suspeitas da Polícia Civil, que com o apoio do Poder Judiciário, por meio de um mandado de busca e apreensão foram até a casa. Na casa, "Paraguay" foi flagrado com  um prato de vidro onde havia uma certa quantidade de cocaína, este tentou se desfazer de parte do conteúdo jogando dentro de um balde, mas os policiais conseguiram apreender a substância.
As substâncias entorpecente, material usado para confeccionar os papelotes, dinheiro e objetos de origem duvidosa foram apreendidos pelos policiais civis

Folhas de livros eram arrancadas e usadas para armazenar drogas e posteriormente vendidas em papelotes, apreendido também R$ 34,00 em espécie, além de uma caixa amplifica, máquina de cortar cabelos, objetos de origem duvidosa também foram apreendidos pelos agentes da PC. Documentos pessoais em nome de terceiros estavam de posse do vendedor de drogas e foram recolhidos.
No outro compartimento da casa, de propriedade de Santos Panique Pedraza, foram encontrados em uma lata de lixo uma sacola contendo cocaína, além de dois sacos ácido bórico e um prato transparente, contendo ainda droga. Santos conseguiu pular muros e fugir dos policiais. Na residência do mesmo também foram apreendidos objetos de origem duvidosa, como: secador de cabelo, máquina de corta cabelo, lanternas, máquina fotográfica e dentre outros objetos.
Objetos apreendidos no cômodo pertencente a Santos Panique, irmão de "Paraguay"

Dois usuários de drogas foram localizados no quintal da casa, ambos relataram aos policiais que adquiriram dois papelotes, pela quantia de R$ 5,00, cada, com Santos Panique Pedraza. Uma varredura no bairro foi realizada para prender o acusado de comercializar substância entorpecente, mas até o fechamento desta matéria Santos não havia sido localizado.
A droga apreendida no balde com água, foi entregue a Polícia Técnico-Científica (Politec) para extração da substância.
"Paraguay" foi autuado em flagrante por comercialização de drogas e após a realização do exame de corpo de delito, foi entregue ao presídio masculino de Guajará-Mirim, aguarda pelo posicionamento da Justiça.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: