Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 31 de dezembro de 2018

Coluna Almanaque: CADÊ O BOM HUMOR?

Por Fábio Marques
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE


Por Fábio Marques
Agora ninguém pode mais brincar. Você chama o cara de filho da p#t# e ele já acha que a gente ta falando da mãe dele. Vagal e malandro, expressões carinhosas e muito em voga no tempo do “Ronca”, viraram ofensa. Outros tipos de brincadeiras vetadas: que time é o teu? Se eu compro um quilo de carne, se eu cozinho, não é meu? Em caminho de paca, tatu caminha dentro? E no Tobias não vai nada? Hoje parece que ficaram agressivas.
Cadê o bom humor minha gente? Hoje nem piada a gente pode contar mais. Tenho um amigo que responde um processo movido pelo Ibama só porque contou uma piada de papagaio. Chego então a conclusão de que quem ta acabando com o bom humor é a desgraça do politicamente correto. O que era piada virou injúria, difamação, crime hediondo punido com cadeia.
Qual seria a causa da falta de humor? Sexo? Taí, pode ser. João Kennedy precisava de sua dose diária de sexo, caso contrário ficava mandando bala no povo lá em Dallas. Bill clinton sem a boquinha da Mônica não sabia o que fazer com o seu charuto e saía jogando bombas em Sarajevo e Yugoslávia adentro. George Bush, só porque rompeu com o seu amante Bin Laden, resolveu exterminar toda raça muçulmana. Nesse ponto eu concordo em número, gênero e grau com o filósofo François Rabelais, quando este dizia que um rei sem diversão é um homem cheio de misérias.
Então o que mais pode tirar o bom humor da gente? Dinheiro. Sem dinheiro você não compra dois tipos de sexo: o das prostitutas e o das namoradas, o primeiro bem mais barato, já o segundo à custas de jóias, perfumes e compras na Bolívia com direito a almoço no Itaúba eco-resort. Como propaga meu grande amigo Papa Francesco: quando a falta de dinheiro entra pela porta da frente, o amor pula pela janela. Por isso é que o Papa é solteiro e a gente vive lendo notícias de padre no motel ou brincando de Michael Jackson na sacristia. Mas isso é assunto para muitas páginas, portanto voltemos ao politicamente correto.
No fundo, no fundo, o humor é apenas uma forma de mascarar as porradas da vida, uma tentativa de fuga da tristeza. O politicamente correto nada mais é que a censura que não se atreve a dizer o nome. Com tanta gente mal humorada ta ficando cada vez mais difícil a vida de quem acha graça em alguma coisa nesse mundo. Tem sempre um despeitado reclamando das pessoas que como eu, só querem provocar o riso e tornar mais alegre este vale de lágrimas. Aí ficam dizendo que a piada foi infeliz. Tô sabendo, desculpa, foi mal, não sou de forma alguma grosseiro, imoral ignorante, nem filho disso ou daquilo. Se se sentiu ofendido, paciência. Aguarde que vou tentar caprichar na próxima, tudo bem? Quem não ri não presta, portanto despeitado, para com essa mania de se ofender só por causa de um chiste. Tem culpa eu?
Apoio Cultural: 

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: