Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 3 de dezembro de 2018

Adolescente reage assalto, é atingido por disparo e impede ladrão de subtrair motocicleta

Populares conseguiram agarrar o ladrão até a chegada da Polícia.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE

Arma de fogo usada durante o crime
No final da noite deste domingo, 02, mãe e filho seguiam para casa, no bairro Santa Luzia, quando foram surpreendidos por um ladrão, o filho na tentativa de impedir o roubo reagiu e foi atingido por um disparo. Populares conseguiram agarrar o ladrão até a chegada da Polícia.
Usando a motocicleta modelo Biz, uma comerciante de 37 anos, após o trabalho retornavam para casa pela Avenida Duque de Caxias, com o seu filho de 17 anos na garupa. Momento que foram surpreendidos por um homem armado que parou em frente ao veículo e anunciou o roubo. Com a arma apontada na direção da mulher exigiu a motocicleta, quando ela entregava o veículo, o filho de 17 anos com um capacete segurança reagiu contra o assaltante, ao travarem luta corporal o assaltante disparou contra o adolescente que atingiu sua coxa esquerda. A mãe aos gritos de pedido de socorro fez com que populares que passavam pelo local se manifestassem em defesa das vítimas, conseguiram tomar a arma do ladrão que foi atingido com socos e ponta pés pelos populares. Guarnições da Polícia Militar ao chegarem no local depararam com o adolescente e o ladrão ao solo, a vítima foi socorrida por uma guarnição até o Pronto Atendimento do Hospital Regional, devido a gravidade permaneceu no local. O assaltante foi também encaminhado ao Hospital, por bombeiros, devido as lesões sofridas. A arma de fogo e a motocicleta foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil.
Alteildson Guimarães Ferreira, de 30 anos, vulgo “Ildson” ou “Mamão”, com várias passagens pela Polícia de furto/roubo, foi identificado como o assaltante. O assaltante disse ter adquirido a arma de fogo no país boliviano e foi em Rio Branco, Acre, que realizou a modificação. Ele estava no regime semi-aberto e está evadido do sistema prisional há cerca de dois anos. Mesmo permanecendo sob observação médica no Hospital, ficou sob a guarda de policiais militares.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: