Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 19 de setembro de 2018

Palestra intitulada “Bullying: Precisamos Conversar” é ministrada por alunos em Guajará-Mirim

A palestra é uma das ações do Projeto Viver Bem na Escola, realizado pelo Campus Guajará-Mirim, e foi desenvolvida pelos estudantes Otoniel Oro Mon e Davi Pereira Rossell.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A palestra foi prestigiada por 68 alunos
Estudantes do terceiro ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, realizaram recentemente palestra no miniauditório da unidade, tendo por convidados alunos da própria instituição e também da Escola Estadual Simon Bolivar. A palestra teve um público de 68 pessoas.
A palestra é uma das ações do Projeto Viver Bem na Escola, realizado pelo Campus Guajará-Mirim, e foi desenvolvida pelos estudantes Otoniel Oro Mon e Davi Pereira Rossell. Segundo Otoniel, “acredito que com o apoio de projetos, palestras e gincanas podemos chegar ao nosso objetivo que é o respeito, tanto no ambiente escolar como no de trabalho, familiar etc. O Projeto Viver Bem na Escola ajudou bastante na divulgação sobre o bullying e na prevenção contra o mesmo. Esta atividade contribuiu para meu desenvolvimento pessoal e social, pois palestrar levou ainda mais para cima esse movimento de ‘dizer não ao bullying’, e para melhorar ainda mais a nossa sociedade. Esse projeto mostrou-me que mesmo que em nossa palestra tenham vindo poucas pessoas, ou mais pessoas, isso não nos deixará tristes, pois mesmo com gotinhas a gente sobrevive”.
O estudante conta já ter sido vítima de bullying, por isso teve a inciativa de fazer a palestra intitulada: “Bullying: Precisamos Conversar”, a fim de contribuir de forma participativa no processo de sensibilização ao respeito às diferenças. Já Davi se prontificou a auxiliar na palestra: “a atividade representou um avanço na divulgação sobre o que é bullying e que possui o efeito multiplicativo nas palestras, para que pudessem também difundir o que foi palestrado. É uma maneira de aprendizagem, pois não se consegue combater e prevenir alguma prática maliciosa (como o bullying) sem conhecê-la. Assim, o resultado da palestra é o respeito e a integração social, de modo que as diversidades presentes em nossa sociedade sejam mantidas”, ressaltou o estudante.
“Creio ser importante para o IFRO divulgar que aqui no Campus Guajará-Mirim temos alunos maduros, resilientes e solidários como Otoniel e Davi, que transformaram uma ação negativa como o bullying em algo positivo, que foi a elaboração e execução desta palestra”, diz a Coordenadora do Projeto Viver Bem na Escola, Elaine Márcia Souza Rosa. Ela considerou positiva a iniciativa e o empenho dos alunos em desenvolver a palestra, principalmente pela metodologia utilizada em relação aos anagramas vistos na disciplina de Matemática, para trabalhar a descrição, causas e consequências do bullying. “Para tanto, eles utilizaram as palavras ‘RESPEITO’ e ‘BULLYING’ em anagramas, calculando a quantidade de letras que elas possuem e como resultado foi gerada uma reflexão sobre a potência do impacto que causam na sociedade. Como coordenadora do projeto, orientei os alunos no planejamento da palestra. Estou muito orgulhosa”, avaliou.
Para Thainá Passos, que cursa o primeiro ano do ensino médio na Escola Estadual Simon Bolivar, a palestra foi muito interessante, pois o “assunto é ótimo para ser tratado, contribuiu para que eu seja uma pessoa melhor, pois talvez eu estava fazendo bullying e nem sabia”. Vinícius Magno Silva de Mattos, também da Simon Bolivar, afirma que “a palestra foi uma boa experiência para conhecer mais sobre o assunto e também para refletir sobre o que acontece em nossa sociedade, seja escolar, profissional ou social. Contribuiu para eu poder saber em que momento acontece o bullying, de que formas ele pode ocorrer, como evitar e principalmente suas consequências que por muitas vezes podemos achar que são poucas ou pequenas, mas não são. Além de poder saber como parar com isso, o que também é muito importante”.
Fonte: Assessoria

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: