Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 26 de setembro de 2018

Estelionatário: Homem é preso quando tentava sacar precatório

O homem com documentos em nome de Romário dos Santos Solidade, apresentou a intenção de sacar o precatório de Benefício de Assistência Social de R$ 57.056,93.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O homem saiu algemado da agência, após ser flagranteado praticando o golpe
No final da manhã desta terça-feira, 25, em uma agência bancária do município de Guajará-Mirim/RO, um homem de 36 anos, foi preso dentro quando tentava sacar um benefício em nome de um outro homem. 
Documento apresentado na agência bancária para retirar o benefício
Policiais civis lotados no Serviço de Investigação e Captura (Sevic) foram informados sobre a presença de um homem nas dependências da agência do Banco do Brasil, em Guajará-Mirim/RO, nesta segunda-feira, 24, onde o homem com documentos (RG e CPF) em nome de Romário dos Santos Solidade, apresentou a intenção de sacar o precatório de Benefício de Assistência Social – FRGPS, o valor a ser pago seria de R$ 57.056,93. A finalização do procedimento deveria ocorrer no dia seguinte, nesta terça-feira, 25, na própria agência, assim fora informado o suposto beneficiado. Exatamente às 11h, conforme combinado, o homem procurou novamente a agência bancária munido dos documentos de Romário dos Santos Solidade. Quando encontrava-se em frente ao caixa para receber o benefício foi surpreendido pelos policiais que o abordaram, identificado tratar-se de Carlos Batista Lamarão, e estaria de posse de documentos falsos. 
O golpe de Carlos foi descoberto e ele foi preso
Preso e conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim, Carlos prestou esclarecimentos, inclusive o apartamento onde estava hospedado foi revistado pelos policiais que localizaram mais documentos falsos, cartões de agências bancárias, bem como documentos em nome de terceiros, inclusive alguns com fotografias de Carlos.
Outros documentos falsos foram encontrados com o acusado
O acusado de estelionatário disse que procurou a agência de Guajará-Mirim, após receber os documentos de um comparsa, afirmando que agências do interior são mais fáceis de praticar o golpe. Contra Carlos Batista Lamarão foi cumprido também um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de Porto Velho/RO. Após exame de corpo de delito, Carlos foi conduzido ao presídio masculino e está à disposição da Justiça.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: