Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 29 de setembro de 2018

Coluna Almanaque: UMA CIDADE PARADA NO TEMPO

Por Fábio Marques
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
Às vezes penso que Guajará-Mirim é uma cidade parada na história. Entra prefeito e sai prefeito e a cidade continua na mesmice. O discurso é sempre o mesmo. As figuras que se alteram dizem que não vão fazer nada porque não podem fazer, não tem coragem de fazer, não tem competência para fazer. São incapazes de construir um novo tempo para a cidade. Enquanto outras cidades do Estado estão voando alto rumo ao futuro, Guajará-Mirim se arrasta no tempo. A saúde está um horror, as escolas têm um péssimo ensino, as avenidas sem condições de tráfego, a sujeira impera em todos os lugares. Este espectro se acentua através da figura de um prefeito sem carisma nenhum e alguns secretários sem qualquer qualificação. Neste ritmo, Nova Mamoré vai se tornar um Eldorado em pouco espaço de tempo, enquanto a ex Cidade-Pérola vai estar ainda à procura de pessoas capazes de fazer mudanças neste estado de coisas.
##########
Uma pergunta: não é crime eleitoral usar instituições religiosas para fazer campanha? Fazer do culto um palanque? Utilizar-se dos fiéis que vão às igrejas à procura de Deus, como recurso humano nas eleições? Misturar Deus com política tem virado negócio para muita gente metida em algumas casas de orações. Esta comunhão através da fé que ocorre entre espertos e pobres ingênuos onde Deus acaba entrando apenas de gaiato, é imoral e nojenta.
Sobrevêm que hoje os pastores são homens de negócios, as igrejas são suas empresas, a fé é o negócio deles e Deus é o produto em estoque. Mas como nada aqui é eterno, estes senhores tem muito a se explicar quando chegarem no tribunal celeste.
##########
Na atual legislatura da Câmara Municipal tem vereador que precisa de forma urgente conhecer um pouco mais sobre as normativas que regulam o Regime da Casa. Sem preparo político, psíquico, ético e social para o pleno ofício do cargo, tal cidadão colocou num rolo compressor há alguns dias, todo o aparato funcional e político da Casa de Leis.
Exercer a crítica faz parte do livre direito de opinião numa democracia. Por outro lado, esta crítica só é cabível e saudável quando tem respaldo na construção da política positiva, ainda que esta crítica esteja sujeita a incompreensão. Injusta e exposta dentro de um enfoque odioso, acaba surtindo efeitos os mais danosos e gerando fatos negativos, o que é de lastimar.
Já dizia o velho deitado: quem tagarela em demasia, saúda eqüinos no período matinal. Portanto, prudência.
##########
O advento da Internet acabou trazendo um fato novo ao fomentar o senso crítico das pessoas abrindo o leque de formação de opinião. Isto ocorre hoje em Guajará-Mirim, o que é bom para a democracia. Quanto mais pessoas tentando quebrar os padrões do status-quo e querendo passar a limpo a política local, melhor. Parabéns aos internautas que participam destes fóruns de debates no Facebook e no Whats app e estão usando estes espaços com dignidade e vontade de ver esta cidade acertar seu caminho na política. Portanto, que coloquem suas opiniões os ricos, os pobres, os brancos, os morenos, os cultos, os analfabetos. Sejamos críticos. Vamos mostrar que não estamos nem um pouco contentes com os rumos da cidade e desejar com vontade que podemos colorir nossa história com tintas mais aprazíveis.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: