Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 5 de julho de 2018

Prefeitura recebe doação de dois carros do Ministério Público do Trabalho para o Programa Família Acolhedora e APAE

A entrega representa a aproximação entre as instituições e uma nova forma de reverter as multas geradas por meio de ações judicias em benefício da população do município de Nova Mamoré, e que até então eram enviadas à Brasília.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  Entrega realizada pelo juíz Carlos Antônio Chagas Neto e pelo Procurador do Ministério Público do Trabalho, Marcos Cutrim

A Prefeitura de Nova Mamoré recebeu na manhã de sexta-feira (29), a doação de dois carros do Ministério Público do Trabalho (MPT),  para que sejam destinados ao Programa Família Acolhedora e à APAE. Os valores,  com os quais foram comprados os veículos são decorrentes de multa de processo judicial contra  um ex-prefeito do município pela contratação irregular na prefeitura.

A entrega representa a aproximação entre as instituições e uma nova forma de reverter as multas geradas por meio de ações judicias em benefício da população do município de Nova Mamoré,  e que até então eram enviadas à Brasília.

Além dos veículos, a prefeitura também recebeu acervo bibliográfico para o  Projeto Geloteca, computadores, mobiliários e acessórios para o obrigo do menor, além de recursos para aquisição de dois terrenos para ampliação da sede da ABIF.

 
A entrega foi realizada pelo Juiz da Justiça do Trabalho de Guajará-Mirim, Carlos Antônio Chagas Neto e pelo Procurador do Ministério Público do Trabalho de Porto Velho, Marcos Cutrim. O evento  ocorreu na prefeitura com a presença do  prefeito, Professor Claudionor (PDT), presidente da Câmara, Altamir Fochesatto (PDT), vereador André do Sindicato (PT), secretária de Assistência Social, Gigliane Alves, membros e alunos  da APAE e do Programa Família Acolhedora.

Marcos Cutrim afirmou que esse tipo de multa tem que ser revertida para a sociedade, um total de R$ 220 mil. Parte desse recurso também foi destinado a projetos sociais em Guajará-Mirim, sede da Vara Federal do Trabalho regional.

Fonte: Portal Mamoré

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: