Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 26 de julho de 2018

Conclusão de reforma e ampliação de posto de saúde está atrasada há seis meses em Guajará-Mirim

Orçamento de obra é de R$ 300 mil, com recursos do Governo Federal. Semsau diz que construtora parou serviço por falta de repasse do pagamento.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Posto Altamiro Barroso ainda não concluído
A onclusão da obra de reforma e ampliação do Posto de Saúde Altamiro Barroso, que atualmente está parada e tem o orçamento de R$ 300 mil, completou seis meses de atraso nesta semana em Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho.
O prédio começou a ser reformado e ampliado em setembro de 2017 e deveria ter sido entregue no dia 12 de fevereiro deste ano, porém isso não aconteceu e a obra foi totalmente paralisada. 
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsau), o serviço na unidade é feito com recursos do Governo Federal, mas o Ministério da Saúde não repassou todo o recurso para a construtora responsável, o que acabou atrasando o cronograma inicial e travando o prazo de conclusão.
Atualmente, os servidores que trabalhavam no prédio foram remanejados para o Posto de Saúde Delta Oliveira Martinez, no Bairro Jardim das Esmeraldas. Enquanto a unidade não fica pronta, os pacientes são atendidos em outros postos de diferentes bairros.
A atual secretária municipal de saúde, Vanessa Moraes, que assumiu o cargo há menos de um mês, explicou o motivo do atraso e falou sobre a situação e afirmou que a conclusão é prioridade do órgão.
"Essa obra é paga com recurso do Governo Federal, então temos que aguardar a liberação do Ministério da Saúde para dar continuidade o mais rápido possível. O pagamento devia ter sido feito em parcelas para a construtora, mas até o momento não foi cumprido. Apenas a primeira parcela foi paga e deu-se início ao serviço, mas depois as outras não foram pagas e a empresa parou de trabalhar", explica.
A servidora comentou ainda sobre a importância do posto para os moradores e também para evitar um possível sobrecarregamento nos atendimentos nos outros postos.
"Estamos trabalhando para resolver essa situação, justamente para que a gente não sofra sobrecarga de atendimentos em outras unidades de saúde do município. Quando os pacientes são direcionados para outra unidade, esse tipo de problema acontece inevitavelmente. Isso não tira somente o sono da população, mas o da gestão inteira", concluiu.
Além do Posto Altamiro Barroso, a cidade tem mais quatro postos para atender a população de aproximadamente 47 mil moradores: o Carlos Chagas (Bairro Almirante Tamandaré), Sandoval Meira (Bairro Serraria), Delta Oliveira Martinez (Jardim das Esmeraldas) e Irmã Maria Agostinho (Bairro 10 de Abril). 
Fonte: G1

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: