Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 10 de março de 2018

Polícia evita assalto de motocicleta em Guajará-Mirim

Estavam ali aguardando uma vítima com motocicleta reduzir a velocidade, devido os buracos existentes naquele trecho, e aproveitar para assaltar.
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE



Durante patrulhamento os policiais do Patamo (Patrulhamento Tático Móvel), lotados na Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron), evitaram um assalto de motocicleta na noite desta sexta-feira, 09, no bairro Serraria.
Na Avenida Castelo Branco esquina com Avenida Dr. Lewerger, a guarnição do Patamo passava quando avistou um velho conhecido das policiais, Jonadabe Pereira Santos, de 25 anos, que estava na varanda de um comércio, mas ele e um outro rapaz ao avistar a viatura tentou se esconder atrás de um balcão que estava no local. Com Jonadabe foi encontrada uma faca de mesa escondida na sua cintura, na cintura de um adolescente de 14 anos estava um revólver calibre 22, com sete munições intactas. De acordo com a dupla, estavam ali aguardando uma vítima com motocicleta reduzir a velocidade, devido os buracos existentes naquele trecho, e aproveitar para assaltar.  Afirmaram ainda que a arma foi entregue por um homem de nacionalidade boliviana que os encarregou de roubar uma motocicleta e que deveriam levar às 6h de sábado, 10, até o Porto dos Canoeiros, no bairro Triângulo, onde seria transportada para a Bolívia. Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde arma e a faca foram apreendidas.
 Jonadabe foi autuado em flagrante por porte irregular de arma de fogo de uso permitido e corrupção de menores e encaminhado ao presídio masculino estando à disposição da Justiça. Já o adolescente após ser interrogado foi liberado.


Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: