Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 6 de março de 2018

Coluna Almanaque - CÂMARA AVALIZA CAUSA POPULAR

Por Fábio Marques
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
O presidente da Câmara Municipal de Guajará-Mirim, advogado Sérgio Bouez (PSB), disse na sessão plenária de segunda-feira (05), que avaliza as causas do manifesto de oposição às atitudes do prefeito Cícero Noronha a frente do Poder Executivo e ressaltou que vai encampar esta batalha como uma batalha de todos os cidadãos de bem da Cidade Pérola.
Na ocasião, Bouez parabenizou as pessoas que estão a frente do Movimento Acorda Guajará por estarem buscando trabalhar uma campanha pela construção de uma cidade melhor para todos através de uma bandeira honesta que se engaja no manual dos bons modos políticos.
O colapso moral da gestão pública Cícero Noronha provocou revolta e discursos raivosos na Câmara por parte dos edis e palavras de ordem e insultos por parte da plateia presente. Ao se pronunciar, o polêmico vereador Mário César (PMDB), relembrou ao público que à época em que Sérgio Bouez assumiu a prefeitura de forma interina, o atual alcaide criticou sua administração dizendo que os trabalhos do prefeito biônico não passavam de maquiagem. “Hoje a cidade está ao completo abandono, com sujeira para tudo quanto é lado, buracos nas avenidas, lamaçal, matagal tomando de conta, sem saúde, sem educação, sem perspectivas de melhoras, o prefeito está todo errado e perdido em tudo. É um mentiroso descarado que abusou da boa fé dos incautos e enganou a população”.
No auge de sua fala, Mário César chegou a pedir a saída do prefeito. “Seria mais bonito para este cidadão, mais digno, que ele chegasse na Câmara para anunciar sua renúncia. Além de não fazer nem o básico que é a limpeza da cidade, não responde aos requerimentos da Câmara, no que constitui improbidade administrativa. Então, se há motivo para cassação, vamos cassá-lo”.
Ao se utilizar dos microfones, o vereador Augustinho Figueiredo (PDT), relatou que Guajará-Mirim está passando por um momento delicado. “O prefeito teve todo o verão para fazer a limpeza da cidade e não fez nada. Várias solicitações foram feitas através do meu gabinete pedindo iluminação, limpeza das vias públicas, reparos nas estradas vicinais, operação tapa-buracos, etc... Hoje ninguém pode mais trafegar em nenhuma rua da cidade a noite porque não tem energia nos postes e ninguém pode trafegar de dia por conta dos buracos e das imensas poças de lama”.
Augustinho disse não compactuar com as atitudes do prefeito Cícero Noronha. “Procurei ajudar este prefeito de todas as formas possíveis, mas o prefeito não quer ajuda. Hoje reclama que a prefeitura não tem dinheiro. Quando era candidato, tinha dinheiro para tudo, só faltava gestão”. Ao terminar, o vereador foi enfático. “Quero dizer que vou estar junto com o povo nesta manifestação. A Câmara precisa mostrar que existe para defender os 45 mil habitantes de Guajará-Mirim”.
A manifestação do Movimento Acorda Guajará se concentra nesta terça-feira a partir de 09 horas da manhã e pretende acampar no pátio da prefeitura, local onde deverá ocorrer uma avalanche de protestos contrários à administração Municipal.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: