Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 25 de fevereiro de 2018

Embriaguez: Motorista atinge veículo parado em frente de Delegacia

Um homem de 28 anos atingiu um veículo que estava parado em frente ao prédio da Delegacia de Polícia Civil durante a madrugada deste domingo.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Veículo Saveiro
Um homem de 28 anos atingiu um veículo que estava parado em frente ao prédio da Delegacia de Polícia Civil durante a madrugada deste domingo, 25, além de apresentar sintomas de embriaguez estava na companhia de duas adolescentes que também apresentavam os mesmos sintomas.
Segundo a Polícia Militar, Gullyth F. S., transitava pela Avenida Duque de Caxias, bairro 10 de Abril, sentido bairro Caetano/Santa Luzia, em seu veículo modelo Saveiro, cor branca, placa NBW 4126, por volta de 05h, ao passar em frente ao prédio da Delegacia atingiu o veículo modelo Gol, de cor branca, placa NBX 6963 de Porto Velho, que estava estacionado e dentro a proprietária Amanda N. A., de 23 anos. A colisão atingiu a traseira do Gol que apresentou danos na lateral traseira esquerda, porta mala e pára-choque traseiro. Os policiais militares foram acionados e ao indagar o motorista do Saveiro sobre o documento do veículo, constataram que o mesmo estava em visível estado de embriaguez alcoólica, apresentando os sintomas:  sonolência, olhos vermelhos, desordem nas vestes, odor de álcool no hálito e falante. O motorista disse ter perdido o controle da direção, justificando assim a colisão. O Saveiro apresentou danos no capô, pára-choque dianteiro e lateral dianteiro da parte direita.
O carro Gol estava estacionado quando foi atingido 
Dentro do carro havia duas adolescentes, uma de 17 anos e a outra de 13 anos, segundo os policiais militares, ambas também apresentavam sintomas de embriaguez alcoólica. A jovem de 17 anos estava falante, arrogante, com olhos vermelhos, odor de álcool no hálito e sofreu lesão no pulso esquerdo, além de escoriações no braço direito e rosto, após a colisão. Já a menina de 12 anos apresentava sonolência, vômito, soluços, olhos vermelhos e odor de álcool no hálito. O condutor do carro se recusou a realizar o exame de alcoolemia, com os documentos em dia, o veículo foi liberado para uma pessoa habilitada de confiança do motorista, após a realização do trabalho pericial no local.  
Quando realizavam a confecção do auto de infração contra o motorista Gullytth, as responsáveis pelas adolescentes compareceram na Delegacia.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: