Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 1 de fevereiro de 2018

Coluna Almanaque - A REVOLTA DOS CÃES

Por Fábio Marques
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
A cada dia mais aumenta o número de cachorros vadios pelas avenidas e locais públicos da cidade causando acidentes de trânsito e lesando ciclistas e motociclistas. Pedestres também reclamam de cachorros soltos por seus donos irresponsáveis que, com cara de poucos amigos e mandíbulas com pressão de seiscentos calibres repletos de ódio, atacam quem resolve se atrever a cortar-lhes o caminho. Está um perigo transitar pelas ruas por conta dos caninos. A Vigilância Sanitária tem que alertar o prefeito sobre esta situação, que é nociva até para saúde pública. E o prefeito precisa fazer alguma coisa em relação a este problema.
##########
A Polícia Ambiental precisa urgente tomar medidas pragmáticas em relação aquelas pessoas que abusam do direito de liberdade e procuram invadir o limite que ao outro lhe compete. Refiro-me aos motoristas de carros e motos de som que divulgam promoções de lojas e que estupram os ouvidos de quem quer que esteja ao alcance de seus alto-falantes. A Ambiental também deveria aplicar multas pesadas e apreender a equipagem de som de malucos que quase todos os finais de semana disputam um concurso insano próximo às praças e bares: ver quem consegue fazer mais barulho. Às vezes estando a uma distância de até cem metros desta poluição sonora, é impossível escutar a própria voz ou manter qualquer conversação. Agressão aos ouvidos em primeiro grau e desobediência a várias leis e posturas que limitam o barulho em lugares públicos. Acima dos 45 decibéis, qualquer ruído contínuo pode levar as vítimas ao estresse e submetê-las a riscos de infarto ou colapso nervoso. Isto fora o estrago nos tímpanos.
##########
Empresa de renome no mercado, a Plantel trabalha com nutrientes e insumos da marca Tortuga, que assegura aos clientes preços acessíveis e garante que o consumo destes produtos apresenta resultados positivos no aumento da produção e na evolução dos negócios agropastoris.
##########
Mas a vida social da empresa Plantel não está ligada apenas ao agro-business. Seus sócios-gerentes Marinho e Genildo também arregaçam as mangas e se envolvem de corpo e alma em trabalhos de filantropia buscando dar condições mínimas de cidadania para aquelas pessoas que procuram prevenir ou sanear uma doença que ataca sem distinção de posição social ou status de economia: o câncer. Dedicam-se a esta tarefa social e mobilizam ações com vistas de alcançar aqueles que mais precisam e não tem condições materiais para custear o tratamento, abrindo novas perspectivas para os sem-esperança. Ao coordenar o programa de ajuda voluntária para prevenção da doença em Guajará-Mirim, estes magnânimos sócios têm ajudado o Hospital do Câncer de Barretos na luta contra a moléstia, além de também ajudar a construir um Brasil mais solidário.
##########
Aberto a partir das 19 horas, o Churrasquinho da Léia, situado na Avenida Quintino Bocaiúva, no bairro Cristo Rei, oferece um rodízio de opções para sua refeição noturna.
Neste charmoso recanto, os clientes poderão saborear pratos assados na brasa á base de carnes como Filé com bacon, picanha e carne de sol, e também à base de aves como asas e coxinhas de frango. O espaço também oferece sopas e caldos diversos todas as noites e sucos de frutas tropicais.
A atenção dos proprietários Carlinhos e Léia é impecável. É o tipo de local que o cliente não só retorna como indica o ambiente para os amigos.
Apoio Cultural:

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: