Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 6 de janeiro de 2018

Maratonistas de Guajará buscam apoio e visibilidade após conquistas em 2017

A equipe da Asape é chamada de Papaléguas e conta com vários corredores, que se preparam diariamente para as corridas de rua.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maratonistas de Rondônia
Os maratonistas representantes de Guajará-Mirim conseguiram grandes resultados em 2017, e, com isso estão atraindo mais pessoas interessadas em praticar o atletismo. Os atletas são da Associação de Apoio e Promoção ao Esporte, a Asape, e lutam para conseguir mais visibilidade e grandes patrocinadores para competir a nível estadual e nacional, além de representar o Brasil em competições de países da América do Sul.
A equipe da Asape é chamada de Papaléguas e conta com vários corredores, que se preparam diariamente para as corridas de rua. Entre os principais atletas estão os maratonistas Fábio Ribeiro, Elenilson Ferreira, Fábio Martins e Fábio Fonseca, além de outros nomes que estão sempre brigando por bons resultados nas provas.
No último mês de dezembro, os Papaléguas participaram de três competições em sequência em Porto Velho, nos dias 3, 10 e 17, com o 2º Cross Triatlon do Fogo, 10ª Corrida do Sesi e a Corrida e Caminhada Natalina, respectivamente. Os atletas da Pérola do Mamoré subiram ao pódio nas três ocasiões, conseguindo grande destaque entre os competidores de Rondônia e também de outros estados.

Conquistas em 2017
O ano de 2017 foi especial para a equipe Papaléguas, já que várias vitórias e títulos de expressão aconteceram. Um dos mais marcantes foi a dobradinha dos maratonistas Elenilson Ferreira e Waulho Nascimento no mês de agosto, durante os 16 quilômetros de corrida de rua na cidade boliviana de Riberalta, em comemoração aos 49 anos de uma rádio local.
Na ocasião, os brasileiros superaram os 118 atletas concorrentes e chegaram nas duas primeiras posições, de ponta a ponta, com direito a quebra de recorde da prova. O tempo do campeão Elenilson foi de 57 minutos e 30 segundos, o melhor já feito em toda a história da Corrida Rádio San José.
Além da conquista internacional, os corredores tiveram sucesso em todas as provas disputadas a nível municipal ao longo do ano, sempre ficando nos primeiros lugares do pódio.

Luta por visibilidade e apoio
Com treinos diários e sem grandes patrocínios para custear as viagens, os atletas da Asape lutam para ter mais visibilidade e apoio na modalidade, já que os maratonistas não vivem exclusivamente do esporte e trabalham ou no setor público ou no privado.
A dedicação e a garra dos guerreiros do atletismo serve de motivação para outras pessoas, que passaram a treinar e a buscar a Asape, aderindo ao esporte. Além do atletismo, a Asape também tem competidores na natação e no ciclismo, como é o caso do bombeiro Fábio Martins.
– Todos nós quando entramos na pista queremos conquistar o pódio, esse é o nosso propósito. Nos dedicamos muito nos treinos e temos uma rivalidade sadia entre nós mesmos. O maior troféu que temos é a amizade que conquistamos através do esporte – diz atleta Elenilson Ferreira.

Expectativa para 2018
Este ano pode ser melhor que o ano anterior, segundo o maratonista Fábio Ribeiro, que vê em Guajará-Mirim um grande potencial para o atletismo. A expectativa é que em 2018 os resultados sejam ainda mais expressivos.
- Graças a Deus superamos todos os obstáculos e mais uma vez honramos a cidade. 2017 foi maravilhoso em termos de conquistas, mas em 2018 tem tudo para ser melhor ainda. Temos ótimos atletas e muita vontade de vencer – finalizou Ribeiro.
 
Fonte: G1

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: