Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 9 de dezembro de 2017

UNIR faz esclarecimentos sobre o caso dos alunos prejudicados pela Ciperon/Norte Educacional

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  A Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) esclarece que não existe possibilidade de atendimento pela UNIR aos cerca de 1400 alunos prejudicados pela Ciperon/Norte Educacional, instituição suspeita de emitir diplomas falsos graduação e pós-graduação, devido à entidade Ciperon/Norte Educacional não ser credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) como Instituição de Ensino Superior (IES).

            Para tratar desse caso, o reitor da UNIR, Ari Miguel Teixeira  Ott, recebeu em audiência na manhã desta quinta-feira, 7, em seu gabinete, os promotores do Ministério Público do Estado de Rondônia (MP/RO), Marcelo Lima de Oliveira e Luciana Nicolau de Almeida, além da procuradora do Ministério Púbico Federal em Rondônia (MPF/RO), Daniela Lopes de Faria. Estavam presentes também o pró-reitor de Graduação (PROGRAD), professor doutor Jorge Luiz Coimbra de Oliveira, e o chefe de gabinete da UNIR, professor mestre Adilson Siqueira.
Universidade alerta que não pode acolher alunos da Ciperon/Norte Educacional
            Durante a audiência, o pró-reitor Jorge Coimbra esclareceu que, conforme Nota Técnica emitida pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC, nº 386/2013/CGLNRS/DPR/SERES/MEC, é imprescindível a autorização pelo Poder Público para a oferta de educação superior. Dessa forma, uma vez que a entidade Ciperon/Norte Educacional não é credenciada como IES e, portanto, não compõe o sistema federal de ensino, não será possível acolher os alunos prejudicados, seja por transferência assistida, tampouco por convalidação de diplomas.

            Aos alunos e clientes enganados ou lesados pela entidade Ciperon/Norte Educacional, a Universidade Federal de Rondônia orienta, com base na Nota Técnica nº 386/2013/CGLNRS/DPR/SERES/MEC, que busquem auxilio junto ao PROCON, Ministérios Públicos e Polícias, ou diretamente ao Poder Judiciário.
Fonte: UNIR

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: