Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 10 de dezembro de 2017

Motoristas são autuados durante Operação Lei Seca em Guajará-Mirim

Sete condutores foram autuados e retirados de circulação por estarem conduzindo veículos automotores sob a influência de álcool durante duas operações da Lei Seca realizadas no bairro 10 de Abril.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Sete condutores foram autuados e retirados de circulação por estarem conduzindo veículos automotores sob a influência de álcool entre a noite de sábado, 09 e madrugada de domingo, 10, durante duas operações da Lei Seca realizadas no bairro 10 de Abril, no município de Guajará-Mirim/RO.
De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca (OLS), 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), Jairo Félix, a primeira ação foi na Avenida Dos Pioneiros e a segunda aconteceu na Avenida Marechal Deodoro, ambas ações no bairro 10 de Abril.
No decorrer das operações dos 22 veículos abordados, 12 carros e 10 motocicletas, 09 foram encaminhados ao pátio da Ciretran, sendo 07 motocicletas e 02 carros, 04 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram recolhidas, 03 documentos de veículos apreendidos e foram lavrados 47 Autos de Infração por diversas irregularidades de trânsito.
Além das equipes da 1ª Ciretran as operações também contaram com o apoio de 07 policiais militares e 04 policiais civis.

OLS
Dos 07 motoristas presos em flagrantes um era mulher, foram confeccionados 06 ocorrências policiais por dirigir sob a influência de álcool, uma pessoa se recusou a realizar o teste do bafômetro.
Por volta de 01h24min, a operação era realizada na Avenida Dos Pioneiros, bairro 10 de Abril, momento que foi abordado o condutor de 18 anos, de uma motocicleta modelo XTZ, o documento da moto estava vencido e o condutor não era habilitado. O teste de alcoolemia foi ofertado e realizado pelo motorista que resultou em 0,65mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões). A motocicleta foi conduzida para o pátio da Ciretran.
Também na Avenida Dos Pioneiros, por volta de 01h25min, o motorista de 21 anos, de uma Kombi furgão, não apresentou a Carteira Nacional de Habilitação, apenas os documentos do veículo que estavam em dia. Ao realizar o teste do bafômetro resultou em 0,51mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões).
Durante a Operação minutos depois foi abordado o condutor de 34 anos da motocicleta CG 150 Fan, apresentado a CNH e documento do veículo que estava em atraso. Além do veículo ser recolhido para o pátio da Ciretran, o condutor aponto 0,70mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões) após teste de alcoolemia.
A operação realizada na Avenida Marechal Deodoro, nas proximidades do Bumbódromo, por volta de 03h11min deste domingo, 10, abordou o motorista de 57 anos do veículo Fiat Uno, que estava com os documentos do veículo em dia bem como apresentou sua CNH. No teste do bafômetro acusou 0,60mg/l  (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões).
O motorista de 36 anos ao parar na abordagem da Operação Lei Seca, realizada por volta de 03h45min, na Avenida Marechal Deodoro, com a motocicleta modelo Biz, apresentou a documentação em dia do veículo e sua Carteira Nacional de Habilitação, mas ao realizar o teste do bafômetro apontou a quantia 0,39mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões). No mesmo horário e local foi abordada a condutora de 29 anos da motocicleta modelo Fan 125, o veículo estava regularizado, mas esta não apresentou sua Carteira Nacional de Habilitação, sendo constatado que a mesma não é habilitada. Ofertado o teste de alcoolemia a motorista realizou resultou a quantia de 0,57mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido de seus pulmões). Como o veículo estava sendo conduzido por uma pessoa não habilitada, foi encaminhado para a Ciretran.
Todos os presos em flagrantes foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde tiveram o direito de pagar fiança e responder pelo crime em liberdade. Os flagranteados que apresentaram CNH tiveram a mesma apreendida. 

Legislação
Segundo o Código de Trânsito, dirigir sob efeito de álcool ou qualquer substância psicoativa é infração gravíssima com sete pontos na carteira.
 A multa prevista é de R$ 2.934,70. Em caso de reincidência em até um ano, a pena financeira é aplicada novamente em dobro.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: