Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 27 de dezembro de 2017

Coluna Almanaque - FELIZ ANO VELHO

Por Fábio Marques
CONTINUA LOGO DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
Em entrevista à Rádio Rondônia na semana passada, o empresário Antônio Bento provocou um abalo sísmico nos já visíveis escombros e destroços do Executivo Municipal. Na ocasião, o empresário que obteve votação máxima na última eleição municipal, inválida pelo TRE, disse estar frustrado com a administração do prefeito Cícero Noronha, a qual condenou como a pior gestão pública de todos os tempos. “O desmando é geral e o prefeito está perdido. As ruas estão todas alagadas, as calçadas estão tomadas pelo matagal, as estradas vicinais estão ao abandono. O prefeito está isolado e sem apoiamento das empresas que o ajudaram nas eleições. É preciso que este prefeito retome as rédeas da situação porque a cidade está andando cada vez mais para trás”, reclamou em tom raivoso.
##########
Do efeito tsunami causado por Antônio Bento não escapou nem o vice-prefeito Davino Serrate e nem a secretária de Assistência Social Lucila Socorro. “Este vice-prefeito não conseguiu fazer a sua parte nem como vereador. Agora deve estar pensando que gerenciar a Saúde é estar fazendo trampolim levando pessoas doentes de ambulância para procurar atenção medica em Porto Velho”, disse em relação à Serrate. Quanto à responsável pela pasta de Assistência Social, metralhou: “Está havendo nesta secretaria um festival de diárias gastas para não trazer nada de retorno”.
##########
Em relação à Câmara, o dublê de político e empresário foi um tanto áspero em suas críticas quanto a atuação do vereador João Vanderlei. “Uma pessoa que por ser evangélico, um homem de Deus, deveria ser mais sério ao tomar posições políticas”.
##########
Ao final Antônio Bento lamentou: “Infelizmente o prefeito Cícero Noronha não está no caminho certo, mas ainda assim, como cidadão que ama a sua cidade, estou na torcida pelo êxito de sua administração”.
##########
Embora não possua o traquejo tanto com palavras bonitas como com frases de efeito para florear seu discurso, o empresário Antônio Bento personifica os anseios de todos os cidadãos através da linguagem popular. Em todas as suas aparições nos programas de rádio tem falado aquilo que o povo entende e aquilo que quer escutar. Guajará-Mirim a cada dia mais se atrasa nos índices de bem-estar social. Este marasmo e atraso parecem não ter mais fim. De acordo com o raciocínio do empresário, é preciso fazer ajustes duros, enxugar as despesas onde puder, fazer contenção de gastos, é preciso ação política para conduzir as coisas na prefeitura e tornar a cidade administrável com efeitos positivos na qualidade de vida da população.
##########
Tirante os prós e contras, é mister que se atente para outra situação. O maior culpado por tudo o que ocorre hoje na cidade é a população que elegeu este prefeito. Enquanto existir pessoas ignorantes, sempre irão existir hienas, abutres e urubus a lhes disputar a carcaça. Ora! Toda campanha eletiva é um ato cívico, de debate público, de dar voz ao maior número de pessoas. Guajará-Mirim estava muito bem sob a gerência do prefeito biônico Sérgio Bouez. O marketing contrário o derrotou. Disputa eletiva não deveria ser batalha de marketing e sim batalha pela consciência das pessoas em torno de valores e concepções na vida. Enquanto tratarmos a política como um produto de marketing para consumo, iremos continuar comprando mal, gastando mal e pagando um preço imediato sobre as conseqüências nas nossas vidas por conta do produto ruim.
Apoio cultural: 

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: