Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 27 de novembro de 2017

Coluna Almanaque - SOB OS CÉUS DE ANÁPOLIS

Por Fábio Marques
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
Com horário de vôo marcado para três e meia da manhã, devido a um problema técnico no painel de operações do Boeing da empresa aérea, o possante e colossal pássaro de prata só foi decolar do aeroporto de Porto Velho às cinco e trinta da matina. Afora o atraso, a viagem foi tranqüila. Chegamos à Brasília por volta de oito e quinze da manhã, horário de Rondônia. Da capital federal seguimos de automóvel para Anápolis, cidade onde me encontro há uma semana a fim de apresentar aos leitores as notícias que estão surfando nos jornais do Planalto Central. Estou na companhia de minha amada Beth Alonso, que aqui e acolá me ajuda a pincelar com palpites e opiniões os tópicos da coluna. Aos tópicos então.
##########
No início do mês de novembro, Anápolis sediou o 1º Encontro de Prefeitos e Gestores Públicos com o Saneamento Básico. É sabido que um dos maiores gargalos de qualquer administração é o problema da falta de esgotos e tubulações de detritos das casas para as estações de higiene que processam os resíduos e lhes dão o destino final. Estudos técnicos apontam que 60 por cento das casas no Brasil não possuem sistema de esgoto e 75 por cento dos que possuem, não recebem o tratamento de forma adequada. O impacto desta situação resulta em problemas de saúde na população com enormes riscos de doenças graves. O negócio é que a maioria dos prefeitos preferem tomar distância de um gargalo que envolve gastos vultosos e não dão marketing ou ibope, uma vez que acabadas, as obras de esgoto ficam encobertas pelo asfalto ou calçadas, fora dos limites do campo visual do público eleitor.
##########
As lojas de Anápolis já estão vivendo o clima de Natal e começam a promover mídias e propagandas de seus produtos, assim como também enfeitam as vitrines com motivos desta época festiva. Com o gradual arranque da economia de mercado, os comerciantes apostam em um maior volume de vendas em comparação ao ano de 2016.
##########
Leio nos jornais do cerrado goiano notícia acerca de ofício que expediu a Justiça Eleitoral à Presidência da República e cujo conteúdo está versado na mudança de horário para o verão de 2018. A razão do pedido é garantir que os diferentes fusos horários que existem no Brasil, que se acentuam com as mudanças nos ponteiros na época do horário de verão, não atrasem a apuração dos votos, causando confusão no resultado das eleições. Ocorre que devido aos quatro fusos horários existentes no Brasil, a eleição não se inicia e nem se encerra de forma concomitante e o horário de verão agrava esta situação no instante da contagem dos votos.
##########
Sob acusação de incitar a violência e de estar pregando o ódio entre as classes, um jornalista da revista Isto É que publicou artigo de título “Lula Precisa Morrer”, acabou execrado pela imprensa petista de Anápolis que atacou tanto a redação como o autor do ensaio, taxando-o de canalha, patife, dentre outros adjetivos. Ao repugnar o artigo do cronista, a imprensa de esquerda do cerrado coloca em campo de ação uma prática que sempre condenou: a censura. Mesmo quando as opiniões não nos agradam, temos que aceitar que todos tem o sagrado direito de expressar seus pontos de vistas sobre fatos e coisas.
Apoio Cultural:


Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: