Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 7 de novembro de 2017

Coluna Almanaque - A GUAJARÁ QUE DÁ CERTO

Por Fábio Marques
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
Neste momento em que achamos que a cidade está sem futuro, temos que pensar que isto é coisa passageira e que a sua história é muito maior do que o arremedo de administração municipal que temos hoje. Os méritos e valores de Guajará-Mirim estão muito acima dos percalços e decepções do momento. Quando queremos falar sobre homens de fatos, feitos e propósitos que por sua obra tornaram-se referência para a cidade, vem logo à lembrança as grandes figuras do passado como os Vassilakis, Suriadakis, Massud Badras e Melhem Bouchabkis, pessoas estas que foram mais do que suficientes para superar as barreiras do tempo em que viveram e fizeram a nossa história.
Dito isto, e falando de grandes figuras do momento, inicio a epístola de hoje prestando uma homenagem à pessoa do empresário Toninho Nogueira, com quem vez em quando divido uma cerveja no boteco do Clóvis. De um lado do balcão, um empresário de sucesso consolidado, mas sempre humilde, e do outro lado, um pobre cronista no afã de dividir idéias, de conversar e debater a política e os assuntos que estão em voga no momento.
Em nada difere a humildade de seus filhos Leonardo, empresário do ramo de material básico para construção, Márcio, advogado, e Rodrigo, hoje na chefia de finanças do Detran em Porto Velho. Todos obstinados em suas profissões, mas sem deixar de se dedicar à família, além da carreira a que se proporam seguir e sem descuidar dos princípios éticos e morais que sempre norteou as atividades do “velhinho” como é chamado com carinho pelo filho Leo.
Nunca se ouviu falar nesta cidade alguma coisa que não fosse positivo acerca de Toninho Nogueira, que ao longo de sua vida, vem fazendo uma só coisa. Trabalhar e construir riquezas em prol do município. Desde o começo dos anos 60 quando por aqui aportou e fundou a primeira padaria moderna da cidade, a Padaria Avenida, que Toninho Nogueira não para de investir neste manancial de riquezas que é Guajará-Mirim. De lá pra cá o grupo Nogueira criou a firma Nogueira Irmãos, o Posto Nogueira, a Comercial Fortaleza, o Açúcar Pérola, a peladora de arroz, o Areal planalto, dentre outras empresas que geraram divisas e empregos para muita gente.
A família Nogueira nunca negou apoio quando o motivo é Guajará-Mirim. Pelo muito que já fez por suas empresas e pela cidade, Toninho já merecia estar descansando e desfrutando os louros de sua batalha tomando um uísque com água de coco em sua fazenda e comendo uma costeleta de tambaqui frito pescado no açude da própria estância, mas ao contrário, outra coisa não tem feito além de chamar para si a responsabilidade e encarar novos desafios. Hoje é comum vê-lo todos os dias tocando obras de reformas ou construções de imóveis como casas ou pontos comerciais.
Lembrei-me hoje de falar sobre a figura de Toninho Nogueira por questão de justiça, pois a cidade a ele deve muito pelo que realizou em Guajará-Mirim. Pessoas assim é que fazem a cidade confiar mais no seu futuro. E, é por isso que hoje finalizo a coluna reconhecendo e enaltecendo os valores e o sucesso deste empreendedor Toninho Nogueira.
Apoio Cultural: 

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: