Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 5 de novembro de 2017

34 infrações autuadas em Operação da Lei Seca em Guajará-Mirim

Um total de 22 motoristas abordados em Guajará-Mirim durante fiscalizações da Operação Lei Seca, que foram realizadas na noite de sexta-feira, 03 e madrugada de sábado, 04, nas Avenidas Marechal Deodoro, no bairro 10 de Abril, e na Avenida Nossa Senhora de Fátima, bairro Liberdade.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Policiais militares e agentes da Ciretran durante a Operação Lei Seca
Um total de 22 motoristas abordados em Guajará-Mirim durante fiscalizações da Operação Lei Seca, que foram realizadas na noite de sexta-feira, 03 e madrugada de sábado, 04, nas Avenidas Marechal Deodoro, no bairro 10 de Abril, e na Avenida Nossa Senhora de Fátima, bairro Liberdade. Ao todo, 34 autos de infrações foram confeccionados pelos agentes do Departamento Estadual de Trânsito, de Rondônia (Detran/RO).
A ação foi coordenada pela 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (1ª Ciretran), entre agentes, policiais militares e policiais civis, totalizaram 25 profissionais trabalhando na ação. A Operação iniciou às 23h e finalizou às 05h já de domingo. Dos 22 veículos abordados, 07 eram carros e 15 motocicletas, deste número foram removidos 10 motocicletas e 02 carros. Recolhidos 03 Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 04 documentos de veículos. 04 homens e 02 mulheres foram presas por dirigirem embriagadas.
Condutores de veículos durante abordagem da Operação
O primeiro motorista a ser flagrado dirigindo com sintomas de embriaguez foi abordado às 00h07min de sábado, na Avenida Marechal Deodoro, quando conduzia um veículo. A motorista de 35 anos não possuía CNH, ao realizar o teste do bafômetro constatou 0,49 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro). O veículo foi removido, a mulher presa e conduzida para a Delegacia.
O segundo motorista abordado tem 23 anos, por volta de 00h30min foi abordado também na Avenida Marechal Deodoro, bairro 10 de Abril, quando conduzia uma motocicleta CG 125, não portava também a Carteira Nacional de Habilitação ao realizar o teste no aparelho etilômetro (teste bafômetro), resultou em 0,39 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro). Preso e conduzido para a Delegacia, a motocicleta foi removida para Ciretran.
O terceiro motorista abordado na Operação Lei Seca apresentando sintomas de embriaguez ocorreu por volta de 01h, também na Avenida Marechal Deodoro, bairro 10 de Abril. O condutor da motocicleta CB 300, de 24 anos, não portava CNH naquele momento. Ao realizar o teste do bafômetro apresentou 0,47 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro), preso e conduzido para o prédio da Delegacia e a moto conduzida para a Ciretran.
O motorista de 32 anos parado na Operação Lei Seca, por volta de 01h30min, do sábado, nas proximidades do Estádio João Saldanha, conduzindo a motocicleta CG 150 Titan, recusou-se a realizar o teste do bafômetro. De acordo com informações, o motorista apresentava sintomas de embriaguez alcoólica, como olhos avermelhados e dispersos. As medidas administrativas foram tomadas, a moto removida para o pátio da 1ª Ciretran e o motorista preso e conduzido para a Delegacia.
O quinto condutor abordado na Operação e preso foi uma mulher de 30 anos. Ao passar pela blitz na Avenida Marechal Deodoro, durante a madrugada de sábado conduzindo a motocicleta modelo Fan 150, esta não portava CNH no momento e se recusou a realizar o teste do bafômetro, segundo a ocorrência policial a condutora apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica, como olhos avermelhados, odor de álcool no hálito, arrogância, falante, dispersa, sem noção de tempo e sem noção de conduta anteriores. Presa por embriaguez na direção de veículo, conduzida a Delegacia de Polícia. A motocicleta foi removida para o pátio da Ciretran.
Quando ocorria a Operação Lei Seca na Avenida Nossa Senhora de Fátima, bairro Liberdade, por volta de 03h30min, o condutor da motocicleta modelo 150, de 45 anos, realizou o teste do bafômetro e apresentou 0,81 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro), a Carteira Nacional de Habilitação foi apreendida e o motorista foi o sexto a ser preso por embriaguez na direção, conduzido a Delegacia de Polícia onde foi autuado em flagrante.
De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, Jairo Félix, a fiscalização vai continuar no município
De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca em Guajará-Mirim, Jairo Félix, os condutores foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro, popularmente conhecido como bafômetro. Eles terão de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo junto ao Detran para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Os motoristas, além da multa e da suspensão, também responderão na Justiça por crime de trânsito por apresentarem índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como "tolerância zero".
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: