Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 2 de outubro de 2017

Audiência sobre governança climática e legislação ambiental acontece em Guajará-Mirim

Temas como valoração e valorização ambiental foram apresentadas na consulta pública em Guajará-Mirim.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A consulta pública realizada na sexta-feira, 29, na Câmara Municipal de Guajará-Mirim/RO, vai servir como norteador para a implantação de legislação ambiental em Rondônia. A pauta foi discutida entre técnicos do setor, ambientalistas, produtores rurais da agricultura familiar, empresários do agronegócio, estudantes, comunidades indígenas, políticos e gestores municipais.
Temas como valoração e valorização ambiental foram apresentadas na consulta pública em Guajará-Mirim.
O evento, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Escritório da Sedam em Guajará-Mirim, tem a proposição de mudança de paradigma na legislação ambiental. Outras consultas públicas já foram realizadas este mês em São Francisco do Guaporé, Rolim de Moura, Vilhena e Ji Paraná. A próxima discussão sobre a governança climática ambiental acontece em Porto Velho, no próximo dia 10 de outubro.
Em cada cidade a sociedade participante opina sobre a legislação ambiental proposta. Ao final das apresentações e discussões, as anotações serão compiladas para a formalização oficial do documento que será encaminhado à Assembleia Legislativa para votação.
 Na consulta pública, o biólogo Paulo Bionarigo, da Eco Poré, fez a apresentação da propositura e, em seguida, formou cinco grupos distribuídos por categoria para colher as sugestões. Participaram representantes da agricultura familiar; extrativistas; agronegócio; indústria, comércio e transportes; povos indígenas e acadêmicos de Gestão Ambiental do Campus de Guajará-Mirim/UNIR.
“O governo une forças com a sociedade e gestores públicos para o alcance ambiental. Só as espécies vegetais são capazes de absorver o carbono no mundo”, disse o secretário adjunto da Sedam, Francisco Sales, na abertura da consulta pública em Guajrá-Mirim, ressaltando que “a proposta tem o interesse de todos os envolvidos”. Prefeito e vereadores também participaram da audiência.
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: