Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 23 de outubro de 2017

Ação da PRF e PC desarticula quadrilha. Um dos presos é acusado de roubo e receptação de veículos em Guajará-Mirim

Ocorreu a prisão de uma quadrilha acusada de roubar a caminhonete de um médico na capital e mantê-lo amarrado em cima de um formigueiro na estrada do Anel Viário.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Denilson Laia (o segundo da fila de cima e o terceiro abaixo do lado direito) é bastante conhecido pelas policiais de Guajará-Mirim
Uma ação conjunta na madrugada de domingo (22) entre a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores, resultou na prisão de uma quadrilha acusada de roubar a caminhonete de um médico na capital e mantê-lo amarrado em cima de um formigueiro na estrada do Anel Viário.

 
De acordo informações, o médico estava saindo em uma caminhonete modelo S10 de um condomínio na Avenida 7 de Setembro, no centro da cidade, quando foi abordado pelos assaltantes. O bando armado agiu com extrema violência e rendeu a vítima. Parte da quadrilha levou o médico para uma mata no Anel Viário e o deixou amarrado em cima de um formigueiro.
 
O restante do grupo seguiu na caminhonete com destino à Nova Mamoré, tendo apoio de um veículo modelo Gol, que era usado como 'batedor'. Porém, Jailson M. O., que dirigia o Gol, foi abordado na BR-364, por policiais rodoviários federais, no posto de fiscalização do KM 48.
 
Ele estava acompanhado de uma menor e de Denilson L. S. Em pesquisa nominal, foi descoberto que Jailson estava foragido da Justiça.
 
Logo em seguida, a caminhonete também  foi abordada. O condutor da S10, Douglas S. S., entrou em contradição e afirmava que estava indo para Nova Mamoré, mas sem saber dizer à quem pertencia o veículo. Os policiais desconfiaram e logo conseguiram descobrir que a caminhonete havia acabado de ser roubada na capital e o Gol estava dando apoio. Todos acabaram detidos.
 
Questionado, Douglas confessou  que estava levando a caminhonete até Nova Mamoré e ganharia R$ 5 mil pelo serviço. Policiais civis foram acionados para localizar a vítima e prenderem os outros envolvidos no crime. Joab S. M. e um menor, responsáveis por manterem a vítima amarrada até que a S10 chegasse no destino final, foram localizados no bairro Mariana.
 
A vítima conseguiu se desamarrar, buscou socorro e acionou a polícia. A quadrilha ficou à disposição da Justiça.
 
Fonte: Rondoniaovivo

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: