Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 12 de setembro de 2017

Opinião: Cuidado com o "Lorinho da Enxada"

Por Ariel Argobe
Ocorrência registra nesta segunda-feira, 11, por Ariel Argobe
Por Ariel Argobe
Ele é conhecido como "Lorinho da enxada" ou "Lorinho do Cristo Rei", possuidor de vasta ficha criminal e frequentador assíduo da carceragem da Polícia Civil de Guajará-Mirim.

O "Lorinho" - de porte franzino, baixo, branco, "cara de coitadinho" -, tem tocado o terror no centro da cidade de Guajará e imediações, realizando furtos em residências, preferencialmente habitada por idosos, sem condições de oferecer resistência as suas investiduras delituosas.

O plano do "Lorinho do Cristo Rei" é Simples, porém eficiente: ele chaga na residência da futura vítima, com uma enxada ou vassoura no ombro, se oferece para varrer a calçada e arrancar a grama do meio-fio. Pelo serviço "Lorinho" cobra de 2 a 5 reais, bem baratinho que é pra fisgar a vítima.

Enquanto varre a calçada e arranca a erva daninha, "Lorinho" faz o mapa do local de seu próximo crime: observa as vulnerabilidades da segurança e, sobretudo, se a residência é habitada por idosos.

Aí é só "melzinho na chupeta" do "Lorinho da enxada": outro dia ele volta para consumar o crime.

Já fomos vítimas duas vezes do Lorinho do "Cristo Rei". Ele passa em frente de sua casa e observa se tem carro ou moto na garagem. Se a garagem está sem os veículos, ele então deduz que não tem gente na residência ou que só estão os idosos. Assim sendo, é só partir para consumação do plano criminoso.

Fica a dica: cuidado com o "Lorinho do Cristo Rei".
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: