Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 28 de setembro de 2017

Eleições 2018, precisamos urgente de um deputado! Mas, quem será nosso candidato?

Daqui a exatamente um ano, a campanha para eleição de Presidente, Governadores, Senadores, Deputados federais e Deputados estaduais estará no auge do seu momento mais quente, mais decisivo…

Por Claudiomir Rodrigues

Daqui a exatamente um ano, a campanha para eleição de Presidente, Governadores, Senadores, Deputados federais e Deputados estaduais estará no auge do seu momento mais quente, mais decisivo… em 26 de setembro de 2018, o eleitor já terá praticamente decidido em quem votar, já terá feito sua escolha e, alguns, até saberá de cabeça o número que digitará na urna no momento da votação.

Mas, e Nova Mamoré com seus quase 18 mil eleitores, vai caminhar em que direção?

Em eleições anteriores, nós eleitores votamos em dezenas de candidatos e grande parte deles de fora do nosso domicilio, ou seja, políticos de outras praças, principalmente do curso da BR 364 vem aqui, garimpam nossos votos como fazem em todo o estado e depois simplesmente somem. Porque eles vêm? Simples, um amigo de anos atrás, alguém da categoria de trabalho, um esperto de última hora, e, em outros casos, um deputado que trouxe uma emendinha pra cá que sobrou dos investimentos feitos na sua base, que pode ser uns 100, 200 ou 300 mil reais, sendo isso suficiente pra montar um palanque e bradar aos ventos e ouvidos que a este povo ele representa com orgulho, satisfação, seriedade, compromisso… convenhamos ilustre eleitor, se os detalhes acima exemplificados são suficientes para nos representar, então devemos nos preparar para na próxima legislatura, sermos novamente meros coadjuvantes no processo político. MAS… uma luz no final do túnel clareia um lampejo de esperança. E devemos nos agarrar nela!

Vamos aos números: se temos 18 mil eleitores ou quase isso, e destes são válidos 13.000, isso quer dizer que cerca de 72% da população vai as urnas cumprir com seu compromisso eleitoral. Pois bem, se destes 13.000, 9.000 votassem em alguém daqui do Município nas eleições do ano que vem e, este candidato estivesse em um partido razoavelmente mediano e que tivesse uma legenda ou coligação em que os demais candidatos estivessem no mesmo patamar na disputa, então a chance de termos um deputado estadual seria realmente grande. Mas, para que isso de fato aconteça, algumas outras coisas precisam acontecer antes, então vamos a elas:

1º – Ter um nome de consenso. Uma consulta popular ou um plebiscito entre os eleitores ajudaria a definir esse nome, e os demais mesmo pontuando, abriria mão do ego, pressão partidária e outros interesses para juntos somar num esforço conjunto;

2º – Estar filiado a um partido que dê chances na disputa. De nada adiantaria termos um candidato, e este, filiado a um partido disputando com os gigantes e profissionais da política, é um tiro no pé;

3º – Agregar valor. Todos os segmentos devem hipotecar apoio – sociedade civil como um todo. Empresários, autônomos, estudantes agropecuaristas, funcionários públicos, pescadores, indígenas, profissionais liberais…

4º – povo votar no Município. O eleitor de Nova Mamoré precisa tomar consciência de que votar num candidato daqui ele está ajudando o Município dele, não é porque o amigo ou conhecido lá de outro Município é candidato que vou votar nele, amizade é amizade, mas a terra que estou vivendo atualmente merece minha consideração e respeito, e mais, não votar pelo favor que eu ou minha comunidade recebeu. Meu Município merece mais;

5º – pacto com o povo. Candidato escolhido, este deve firmar um compromisso com a população de destinar para o seu Município todo o recurso de emendas do seu Gabinete. Investir na educação, saúde, estradas, pontes, asfalto, iluminação pública, segurança e nos eventos locais, ou seja, 4 anos aplicando e priorizando o povo que o elegeu.

Sei que algumas pessoas pensam o contrário do que escrevi, mas não é isso que deve entrar na discussão neste momento, a questão é que não podemos perder tempo! O cavalo está passando selado na nossa frente, agora é aproveitar a oportunidade e montar pra garantir a viagem. Se perdermos esta chance agora em 2018, só daqui a 4 anos teremos a oportunidade de discutir isso novamente. Muitos outros municípios por aí já fazem isso a anos e os frutos já vem sendo colhidos a anos também, precisamos ser inteligentes e aproveitar a oportunidade.

A discussão está aberta, espero que isso comece a tomar as rodas de conversa porque o relógio está trabalhando contra nós. Nosso futuro

candidato tem que se filiar agora para garantir a nós uma cadeira na Assembléia Legislativa de Rondônia. Se todos acreditarem na ideia, podem ter certeza que dá certo!

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: