Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 10 de agosto de 2017

Brasileiros trocam tiros com a Polícia de Guayaramerin durante tentativa de roubo

Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo, da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime.


Imagens captaram o momento da ação dos assaltantes brasileiros
Três brasileiros foram presos na manhã desta terça-feira, 08, pela população de Guayarameríin-Beni/Bolívia e Polícia Boliviana. Os criminosos tentaram escapar e iniciou disparos contra os transeuntes. Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo,  da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime.
Luiz Darlan retirando a arma de fogo
Testemunhas disseram que os brasileiros chegaram à cidade em um veículo e seguiu o motorista da motocicleta, e em via pública mesmo, tentaram tomar seu bem, mas ele resistiu e começou a pedir ajuda.
O motociclista aos gritos foi atendido pelos mototaxistas e vizinhos que cercaram os criminosos, estes começaram a disparar até que a polícia chegou e respondeu com disparos.
O acusado Valdenis de Souza foi atingido no braço durante a troca de tiros com a Polícia Boliviana
 Após alguns minutos, três pessoas foram apreendidas. Foram presos os brasileiros: Valdenis de Souza, atingido no braço, sendo socorrido no Hospital local.
O jovem Luiz Darlan é acusado de praticar dois latrocínios no Brasil
 Luiz Darlan Pestana de Brito está foragido no Brasil, tendo dois mandados de prisão, referente à prática de crime de latrocínio.
Segundo a Polícia Boliviana, Márcia dava suporte a dupla de assaltantes
 Márcia Regina Brito Sales prestava apoio a dupla. O trio estava residindo na Bolívia e pretendia praticar crimes naquela boliviana.
Foi apreendido uma arma de fogo e um canivete com os assaltantes brasileiros
Os presos foram recolhidos a carcerária de Guayaramerin, e de acordo com informações repassadas a reportagem do jornal e site O Mamoré, permanecerão por lá até que sejam julgados pela Justiça Boliviana.
O Comando da Polícia Boliviana contou com o apoio da Polícia Civil de Guajará-Mirim e de policiais da 1ª Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron).
Fonte: O MAMORÉ

Valdenis de Souza passa bem e foi recolhida a carcerária.


Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: