Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 22 de julho de 2017

Sebrae e Suder realizam Seminário Rural em Nova Dimensão

Primeiro dia do evento empolgou dezenas de agricultores participantes.
O Sebrae em Rondônia e a Superintendência de Desenvolvimento de Rondônia (Suder), que são co-realizadores, através do Convênio 044/PGE/2016, deram abertura ao evento que contou com a presença de Rita de Cássia, Analista Técnica do Sebrae em Porto Velho; Frederico Botelho, engenheiro agrícola da Embrapa; Paulo Moreira, agrônomo da Embrapa; Igor Jacometi, gerente do Banco do Brasil em Nova Mamoré; Edinaldo França, gerente do escritório da Emater local; e Gabriel Felipe Magalhães, gerente do escritório da Emater no distrito de Palmeiras.
A programação do primeiro dia do Seminário Rural em Nova Dimensão entusiasmou a plateia presente. A palestra de pecuária leiteira, ministrada pelo agrônomo Paulo Moreira, deixou todos atentos aos detalhes, principalmente em relação ao potencial que se pode alcançar, desde que lançando mão de ferramentas de gestão de excelência como o manejo da pastagem, a apartação e alimentação corretas, a forrageira, o controle de pragas e doenças, entre outras.
As palestras Fruticultura (maracujá) e Comercialização e venda de produtos agrícolas e cooperativismo, ministradas por Romário Correia da Emater e Jéssica Croda do projeto Reca/Sescoop fazem parte respectivamente da programação. Os moradores do distrito de Jacinópolis, distante 130 km da sede Nova Mamoré, têm muito interesse nos temas tratados nessas palestras, já que a produção na região gira em torno de 11 toneladas/mês.
Rita de Cássia, deixou claro o objetivo do seminário: “A intenção é promover a capacitação do homem do campo e mostrar que sua propriedade rural pode ser mais que uma chácara, sítio ou uma fazenda. Sua terra é sua empresa, seu sustento e a garantia de futuro do trabalhador rural e sua família. Façam da terra o lugar de onde jorra leite e mel. Enquanto Sebrae e Suder, estamos aqui para levar uma coisa que todo mundo está buscando: ‘capacitação’. Estamos plantando, hoje, uma semente, na esperança de que amanhã vocês possam colher os frutos. Portanto, aproveitem, tirem dúvidas, questionem, conversem, fiquem atentos e levem para casa conhecimento”, disse.
O prefeito de Nova Mamoré, Claudionor Leme, falou da importância de ter um parceiro da magnitude doSebrae, que espalha conhecimento, que leva informação e garante aprendizado ao povo tanto da zona urbana quanto rural. “Eu não poderia deixar de estar aqui na abertura desse evento que, para mim, enquanto gestor municipal, considero um dos mais importantes entre tantos que acontecem aqui. Esse seminário é uma escola! É o mesmo que sentar o aluno no banco da escola e ensiná-lo a ler e escrever. Nesses três dias, vocês vão ouvir muito sobre pecuária leiteira, fruticultura, cooperativismo, cultivo de café, cacau e piscicultura, então vamos aproveitar”, falou entusiasmado.
O criador Antônio Araújo dos Santos da Linha 28, presidente da associação de moradores de Nova Dimensão, falou que tem pouca terra e, portanto, pouco gado, mas percebeu que tem solução para o seu problema: “Eu já sabia que dava para produzir mais, só que essa orientação do palestrante me fez pensar um pouco mais sobre o que eu devo fazer. Então agora é ouvir o que vão falar nos outros dias e depois botar a mão na massa, como diz o ditado”, concluiu.
O produtor Santo Modesto da Silva, morador da Terceira Linha do Ribeirão, tem uma propriedade de seis alqueires e nela explora a criação de gado de leite e café. Segundo ele, a safra boa produz 20 litros por dia. “A terra é pouca, tem que dividir para o pasto e outra parte para o café, mas eu vi aqui que tem como aumentar a quantidade de gado na mesma terra e produzir mais leite também, mas tem que ter apoio. Esses cursos aqui já são uma mão na roda, eu não tinha noção”, finalizou.
Outro produtor que falou sobre as palestras no evento foi José Vargas, morador da Quarta Linha do Ribeirão, km 11. “Olha, eu já participei de muita capacitação através da associação, sindicato rural, prefeitura, mas essa aqui do Sebrae me deixou encantado. Também a Embrapa tem muita pesquisa nessa área e sobre produção leiteira. A gente acha que sabe das coisas e quando assiste a essas palestras a gente vê que o mundo está se renovando o tempo todo e a gente tem que procurar aprender sempre para não ficar para trás. Vou assistir a todas as palestras e tenho interesse, também, na questão do café e do cacau”, pontuou ele.
Saiba mais sobre a atuação do Sebrae pela Central de Atendimento 0800 570 0800, enviando uma mensagem de Whatsapp no (69) 98130-5656 ou ainda pelo site sebrae.ro.
 
Fonte: Assessoria
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: