Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 8 de julho de 2017

Bolívia inaugura uma Base Naval para aumentar segurança na fronteira com o Brasil

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou nesta sexta-feira, 07, uma nova Base Naval sobre o rio da região Amazônica de Beni (noreste), que servirá para aumentar a segurança na fronteira vizinha do Brasil.


O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou nesta sexta-feira, 07, uma nova Base Naval sobre o rio da região Amazônica de Beni (noreste), em Guayamerin, que servirá para aumentar a segurança na fronteira vizinha do Brasil.
"A participação em eventos em unidades militares de nossas forças armadas, é sempre para continuar a ouvir nosso território nacional. Congratulo-me com o trabalho das Forças Armadas, que pela Marinha Boliviana (corre) esses pequenos edifícios", disse ele em um evento público.
Ele assegurou também apoio do Governo Nacional para a implementação da segunda fase da construção da base militar.
Morales disse que o principal papel das Forças Armadas é garantir a soberania econômica, que no caso da Bolívia é baseado em seus recursos naturais, e não como acontece nos países capitalistas que obedecem a interesses políticos.
O presidente, por outro lado, previu que o departamento de Beni, no futuro, liderar o desenvolvimento da produção agrícola.
"Temos essas terras e, portanto, devemos fazer o alimento, não só para o povo boliviano, mas (nós devemos examinar) como começar a dar valor acrescentado para exportação em conformidade. O desenvolvimento econômico é importante para atender às exigências e demandas do povo", ele complementadas.
O comandante geral da Marinha, Vice-Almirante Borda Yamil Sosa, salientou que a nova infra-estrutura erguida perto da aldeia de Nueva Esperanza, ao longo do rio Mamoré é de cinco blocos que irá proporcionar segurança para o rio área.
Borda disse que o trabalho foi construído pelo próprio naval e é a primeira fase de um projeto com três partes, de modo Morales pediu um orçamento adicional para completar o restante.
Bases navais na região satisfazer sua formação uniforme, eles fornecem serviços sociais, campanhas de saúde, educação, estão lutando contrabando de combustível e proteção dos recursos naturais na área, de acordo com a Marinha.
O chefe militar também observou que as obras de engenharia no Mamoré poderia chegar a Amazônia para ligar o Atlântico.
Autoridades brasileiras lotadas em Guajará-Mirim e Nova Mamoré prestigiaram a solenidade.
Fonte: Jornadanet e O MAMORÉ
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: