Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 17 de junho de 2017

Empresário bate carro em muro para evitar atropelamento de cachorro

Empresário bate carro em muro para evitar atropelamento de cachorro
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Motorista bateu no muro de uma escola infantil
Um empresário de 54 anos colidiu o próprio carro contra o muro de uma escola infantil na madrugada deste sábado (17) após desviar e evitar o atropelamento de um cachorro na Avenida Leopoldo de Matos, no Bairro Centro em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. O motorista sofreu apenas uma escoriação na orelha esquerda e passa bem.
Segundo as informações oficiais do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar (PM), o acidente aconteceu por volta de 1h30. O motorista trafegava na avenida, quando o cachorro atravessou na frente do carro. Para evitar a colisão e matar o animal, o condutor preferiu fazer uma manobra brusca sobre o meio fio e acabou batendo no prédio.
 Após a batida, a própria vítima acionou a PM e informou à guarnição os detalhes do acidente. Ele afirmou que preferiu ter o prejuízo do que matar o cachorro. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o empresário não quis ser encaminhado para o Hospital Regional Perpétuo Socorro.
Com a violência do impacto, o carro sofreu várias avarias. Um morador que testemunhou o fato disse aos policiais que se o motorista não tivesse desviado, certamente teria matado o cachorro e que depois da batida o bicho se assustou e saiu correndo. 
Politec realizou os trabalhos periciais e, em seguida, o veículo foi liberado para o proprietário
Após a batida, a própria vítima acionou a PM e informou à guarnição os detalhes do acidente. Ele afirmou que preferiu ter o prejuízo do que matar o cachorro. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o empresário não quis ser encaminhado para o Hospital Regional Perpétuo Socorro.
Com a violência do impacto, o carro sofreu várias avarias. Um morador que testemunhou o fato disse aos policiais que se o motorista não tivesse desviado, certamente teria matado o cachorro e que depois da batida o bicho se assustou e saiu correndo. 
 A Polícia Técnico Científica (Politec) realizou os trabalhos periciais e, em seguida, o veículo foi liberado para o proprietário.
A Polícia Técnico Científica (Politec) realizou os trabalhos periciais e, em seguida, o veículo foi liberado para o proprietário.



Fonte: G1

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: