Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 25 de maio de 2017

Obra de R$ 3 milhões da biblioteca da Unir é retomada após paralisação de 120 dias em Guajará,

Prédio atenderá cerca de 900 universitários do campus. Paralisação aconteceu por falta de projeto de segurança na obra.
Obra ficou parada por causa de documentação pedida pelos Bombeiros
A obra da nova biblioteca da Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir) no campus de Guajará-Mirim (RO), que começou a ser construída em junho de 2015 e deveria ter ficado pronta no final de 2016, foi retomada após ficar 120 dias parada.
Conforme a Unir, o prazo inicial para conclusão não foi cumprido porque a obra não tinha a documentação necessária do projeto de segurança solicitado pela vistoria do Corpo de Bombeiros. Com isso, houve uma interdição de 120 dias na construção.
O professor e atual diretor do campus, George Queiroga Estrela, disse que a obra está orçada em R$ 3 milhões com recursos do Ministério da Educação (MEC) e depois de pronta irá atender aproximadamente 900 universitários dos cursos de Letras, Pedagogia, Administração, Gestão Ambiental e Direito (curso temporário).
Segundo Queiroga, devido à paralisação na obra, não existe uma previsão exata para a entrega do prédio, mas a construção já foi retomada e está adiantada levando em consideração o tempo parado. 
Obra da Unir está orçada em R$ 3 milhões
O prédio terá 1,5 mil metros quadrados e vai comportar dois andares com a biblioteca, salas administrativas, mini auditório, salas individualizadas e salas para estudos em grupo, além de atender as exigências de acessibilidade para os cadeirantes.
“Enquanto administrador público não posso dar uma data exata para entrega do prédio, porque não sou o responsável pela obra, mas posso dizer que a construção da biblioteca é de grande importância no município, pois vai poder proporcionar um local adequado para os estudos científicos. A biblioteca antiga será transformada em uma brinquedoteca e um laboratório para atividades práticas dos cursos de pedagogia e letras”, explicou o diretor.
A direção do campus informou também que o valor da obra foi licitado no sistema de Regime Diferenciado de Compra (RDC), portanto não receberá reajustes e nem aditivos.
 Além da nova estrutura, a direção já solicitou através de Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) uma renovação do acervo de materiais didáticos que deverão ser usados pelos universitários. Para que as exigências do MEC sejam cumpridas, as novas bibliografias serão autorizadas pela reitoria da Unir.  

Fonte: G1

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: