Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 27 de maio de 2017

Droga é encontrada em panela de arroz

Policiais civis apreenderam droga e mercadorias sem comprovação fiscal e ainda recuperaram todos os produtos furtados de uma residência.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



   Em cumprimento ao mandado de busca e apreensão em uma residência localizada a Avenida Balbino Maciel, bairro Santa Luzia, policiais civis apreenderam droga e mercadorias sem comprovação fiscal, no início da tarde desta sexta-feira, 27, no município de Guajará-Mirim/RO.
Na residência, os agentes do Serviço de Investigação e Captura (Sevic), depararam com uma casa de madeira, cercada por tábuas, Luciane V. C., de 33 anos, tomou ciência do cumprimento, na busca os policiais encontraram um invólucro de droga dentro de uma panela de arroz. Na casa foram encontrados também: caixa de som, roteador, perfume, relógio, escova modeladora, liquidificador, ainda na caixa, os objetos foram apreendidos, já que não foram apresentadas as notas fiscais. A substância entorpecente também foi apreendida. Os objetos encontram-se no Sevic, as vítimas de furtos primeiramente devem registrar a ocorrência de furto/roubo e posteriormente comparecer na sala do Sevic munida de nota fiscal para constatar outros objetos que no decorrer da semana foram apreendidos pelos policiais. Contra Luciane foi lavrado um Termo Circunstanciado.

Recuperação de produtos furtados
No decorrer da semana a equipe do Sevic esteve apreendendo objetos, bem como recuperando bens de vítimas de furtos. Em alguns casos, as vítimas não se apresentaram e tão pouco registraram ocorrência.
Durante o final da noite de quinta-feira, 25, em diligência sobre o furto ocorrido em uma residência no bairro Cristo Rei, os agentes do Sevic chegaram até os nomes dos conhecidos Magno Correia da Silva, de 24 anos, vulgo Jaburu e Paulo Henrique Soares, de 19 anos, que foram encontrados em uma residência situada a Avenida Quintino Bocaiúva com Pimenta Bueno, a dupla estava na companhia de Ronaldo Cury Menacho de Lima, de 39 anos, vulgo “Naldinho”. Na revista ao trio, Naldinho bastante exaltado não permitia que os policiais o revistasse e passou a proferir palavrões contra o mesmo, e com uma faca tentou atingir os policiais, mas foi contido. Um mandado de prisão expedido pela Comarca de Guajará-Mirim foi cumprido em desfavor de Naldinho. Magno e Paulo confessaram ter praticado o furto a residência e trocaram os bens, um colchão e um frigobar, por drogas em um apartamento localizado Avenida 12 de Outubro, Vila do Divino ou Vila do Chaves, no bairro Cristo Rei, com Divino Marcley da Costa Silva, de 24 anos. E com Leonardo Velez Gonçalves, de 22 anos, negociaram dois criados mudos de madeira, uma mesa pequena de madeira e um colchão de solteiro, a máquina de lavar roupas de 10kg, um espelho grande com moldura de madeira e um sofá de três lugares foram vendidos pela quantia de R$ 250,00 para a pessoa conhecida por Artur. Divino confessou que comprou o frigobar e o colchão de casal, produto de furto, da dupla. Negando possuir droga em sua residência e tão pouco ter negociado por drogas os objetos, mas no aparelho de som micro sistem foi localizado três porções de drogas, conforme denúncia. Leonardo disse que ganhou de Magno os dois criados mudos, uma mesa pequena de madeira e um colchão de solteira. 
Os bens da vítima foram recuperados
Ainda durante a madrugada de sexta-feira, 26, os policiais continuaram investigando, o rapaz conhecido por Artur ao avistar a viatura da Polícia fugiu, pulando muros. Em sua residência uma mulher entregou a máquina de lavar furtada, bem como o espelho grande e o sofá. A mulher afirmou que desconhecia tratar-se de produto furtado, confirmando que Artur havia comprado os objetos. Todos os bens recuperados foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil e posteriormente restituídos a sua proprietária.
Magno e Paulo Henrique foram autuados em flagrantes e incursos nas penas do art. 155, §§1° e 4º, I, II e IV do Código Penal, violação de domicilio. Divino autuado pelo crime de tráfico de drogas e Leonardo flagranteado pelo crime de receptação. Após exame de corpo de delito, todos foram conduzidos ao presídio masculino.  
Fonte: O MAMORÉ

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: