Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 11 de maio de 2017

Câmara vai exigir atitudes de Prefeito

O assunto que acabou tomando conta da maioria dos discursos foi a revolta de alguns edis que reclamam tanto que o prefeito não os atende quanto à situação de descaso com a coisa pública e desleixo quanto aos problemas da cidade.
Em debate que ocorreu na sala de reuniões anexa ao gabinete da presidência da Câmara Municipal de Guajará-Mirim na manhã desta quinta-feira (11), os vereadores trataram assuntos relativos aos projetos que irão para discussão na sessão plenária desta noite, a viagem do Legislativo ao distrito de Surpresa e a transmissão Online das reuniões da Câmara através do site oficial da instituição. Mas o assunto que acabou tomando conta da maioria dos discursos foi a revolta de alguns edis que reclamam tanto que o prefeito Cícero Noronha não os atende quanto à situação de descaso com a coisa pública e desleixo quanto aos problemas da cidade.
Tudo começou quando o vereador Augustinho Figueiredo (PDT) levantou a questão. Segundo Figueiredo, hoje nada funciona mais na prefeitura. “A cidade voltou ao marasmo. Tudo está parado. Está faltando tudo. O atual prefeito está fazendo tudo errado”, disse esbaforido o atuante vereador.
Augustinho acentuou que “O atual prefeito tem muito bla-bla-blá e pouca coisa prática para apresentar. A cidade está entregue mais uma vez ao Deus-dará. Não podemos estar nos matando à toa. Sim, porque o reflexo de todos esses desmandos também resvala na Câmara. E a Câmara não pode ficar responsável pela falta de atitude do prefeito”, explodiu raivoso o vereador.
O vereador pedetista interpelou ainda os líderes do Executivo na Câmara para que apresentassem explicações plausíveis para o atual estado de coisas. Em resposta quase que imediata, o vereador Isaac Carreirinha (DEM) disse que a intenção dos vereadores que apoiaram o prefeito era de que a cidade tivesse as melhorias constantes no projeto de governo. “O prefeito foi eleito para governar a cidade com qualidade de vida para todos os cidadãos. Por outro lado, em relação aos reclames do vereador Augustinho, também acho que a Câmara não pode ficar omissa quanto aos desmandos”, ponderou.
Mais consensual, o presidente da Casa, Sérgio Bouez (PSB), estendeu aos presentes sua preocupação com tal situação, ao tempo em que advogou que a Câmara está cumprindo a atribuição que lhe é cabida no jogo político. E está cumprindo de forma responsável com a população, de acordo com suas palavras.
A verdade é que denúncias estão chegando todos os dias na Câmara em relação à atual gestão municipal, desde gente que está trabalhando sem estar nomeada, na certa à espera de um contrato às custas de acordos de campanha, passando pela falta de habilidade do prefeito no trato com a coisa pública, até as confusões entre o público e o privado gerados neste 20 dias de governo. E o ofício do vereador é empenhar-se para fiscalizar todos os atos do Poder Executivo e reclamar medidas cabíveis em torno de coisas erradas que porventura vierem a ocorrer.
Uma reunião entre o prefeito e todos os vereadores está marcada para esta sexta-feira (12) às 09:30 da manhã na Câmara Municipal com o objetivo de colocar os pingos nos iis.

Fonte: Assessoria
Enviar
m

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: