Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 22 de abril de 2017

Coluna Almanaque - FAROESTE CABOCLO

Por Fábio Marques
Por Fábio Marques
Muito se tem falado na cidade acerca do fato do prefeito eleito aparecer em tudo quanto é reunião política ou evento social sempre na companhia de guarda-costas. Guajará-Mirim, por acaso é uma cidade sem lei? Estamos vivendo em um estado policial? Voltamos aos tempos dos coronéis de cabresto em que se achava mais do que natural capangas e jagunços andarem armados ao lado de prefeitos e mandantes do pedaço? O biótipo repleto de vaidade egóica e “salto alto” acoplado à imagem e postura do prefeito eleito já motiva conversas nas reuniões de botecos e tabernas sobre sua tendência de querer parecer ser um semideus. Estes tipos de posições e condutas parecem também cegá-lo para a tomada de consciência de que é apenas um simplório mortal vagando errante por um pequeno planeta na vastidão do cosmos em direção ao silêncio sepulcral de um mausoléu tumular.
Mas, se isto satisfaz seus desejos e precisões de autopromoção...
##########

Em tom de revolta um colega de boteco deste escriba pragueja em alto e bom som: - Com a eleição deste cidadão, desejo de coração que a cidade se afunde cada vez mais no poço da miséria. Quem sabe assim o povaréu não pensante afunde junto com sua ignorância ou então aprenda com esta porrada a votar com consciência em pessoas capazes.
##########

Por ser amante da liberdade e favorável ao livre trânsito de idéias e opiniões, respeito o discurso do ilustre colega, embora discrepe. O que desejo de coração ao prefeito eleito é que o êxito obtido na eleição se transforme em eficiência na gestão pública, que se transmute num bom governo. É preciso encontrar uma solução logística para os problemas da cidade em todos os âmbitos setoriais. É preciso acabar com este gargalo crítico que impede a cidade de progredir. É preciso trabalhar políticas de atração para empresas e indústrias que queiram investir na cidade. É preciso trabalhar políticas de fomento para a criação de um pólo industrial cujos reflexos iriam fazer o diferencial na economia e na qualidade de vida da população. É preciso trabalhar políticas públicas que contemplem com melhorias a Saúde Municipal, a Educação, a limpeza das praças e avenidas, as estradas vicinais, a organização e atenção nos serviços da prefeitura, o incentivo do turismo, a oferta de empregos e a explosão comercial.
##########

Atuando há mais de 15 anos na imprensa de fronteira, nos últimos tempos venho sofrendo ataques e insultos violentos por parte de pessoas que não aceitam algumas verdades expostas na Coluna. Servidor efetivo da Câmara, por ser o único naquela Casa a possuir registro de jornalista (DRT), meu trabalho hoje consiste em divulgar os atos do Parlamento Municipal, registrar tudo o que ocorre nas relações entre as esferas de poderes e apontar eventuais lapsos e atos falhos do Poder Executivo acusados pelos ilustres edis. Meu trabalho na coluna que mantenho nos melhores sites da cidade é fiscalizar quem foi eleito para gerenciar a cidade, fazer cobranças a respeito das promessas e denunciar eventuais falcatruas e acordos nocivos, se houverem. Jornalismo de verdade é publicar alguma coisa que alguém não deseja que se publique. O resto é armazém de secos e molhados.
Enviar
m

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: