Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navigation
Publicado em 5 de março de 2017

Paisagem de serra 'seduz' turistas na fronteira de Rondônia com a Bolívia

Serra dos Parecis tem atraído cada vez mais turistas em Guajará. Famílias inteiras e casais aproveitam para tirar fotos e ver as paisagens.
Acesso à serra pode ser feito pela BR Engenheiro Isaac Bennesby
A beleza peculiar da Serra dos Pacaás Novos em Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho, tem se tornado diariamente a principal atração e opção de lazer para turistas na fronteira com a Bolívia, principalmente nos finais de semana. Para os visitantes, o local pode ser considerado um dos melhores pontos turístico da região da Pérola do Mamoré.
Turista aprecisa vista da Serra dos Parecis em Guajará-Mirim
 Conhecida popularmente como "Serra dos Parecis", o local é considerado ideal pelos turistas para tirar fotografias, fazer filmagens, acampamentos e realizar passeios, o que tem atraído casais e famílias inteiras vindas de várias cidades de Rondônia e de outros estados, como também de diversos países. 
Situada na zona rural e à margem da BR Engenheiro Isaac Bennesby, a 6 quilômetros de Guajará-Mirim, a serra oferece aos visitantes paisagens naturais, trilhas e cachoeiras, além de uma bela visão aérea que abrange vários quilômetros no perímetro. De cima, a visão deixa minúsculos os veículos que transitam na rodovia, o que acaba surpreendendo e encantando os turistas.
Serra virou local até para pedidos de casamentos entre turistas

Atração de turistas
Um dos turistas que ficou extasiado com as paisagens da serra foi o gerente de supermercado Erildo do Carmo, de 41 anos, que é natural de Jaru (RO) e foi morar em Guajará-Mirim há três anos por causa de uma proposta de trabalho. Ele falou que ainda não conhecia o ponto turístico, mas de tanto ouvir falar acabou resolvendo ir com a família; a visita foi acompanhada pela esposa, filha e dois sobrinhos.
"Aqui é muito lindo. É um lugar que traz paz e conforto. Ouvia muita gente comentar e decidi vir com minha família. Com certeza é um dos locais mais belos que já conheci. Perfeito para fazer fotos e filmagens, o sentimento é o melhor possível. Apesar da beleza, a gente percebe que não existe ninguém cuidando daqui e não existe um plano de atendimento para os turistas, acho que seria importante se o município tivesse um serviço nesse sentido", declarou Erildo.
Já o assessor parlamentar José Oliveira, de 67 anos, que mora em Porto velho, diz que não vem ao município regularmente, e que subiu a serra pela primeira vez para passear e tirar fotos com a esposa e os filhos. Para a família, a sensação foi de paz interior e tranquilidade.

Casal aprecia vista em serra de Guajará-Mirim
"Nunca conheci nenhum lugar em Rondônia como esse aqui. Acredito que o local está abandonado pelo poder público, se houvesse um programa de ecoturismo, acredito que ia atrair turistas do mundo todo, além de gerar renda na economia da região e empregos. Se tivesse um restaurante com comidas típicas ou uma pousada, todo mundo ia querer conhecer, tirar o stress e curtir bons momentos com a família", ressalta.
O chileno Albadir Vargas, contou que está viajando por vários países da América do Sul para conhecer um pouco dos pontos turísticos e da cultura de cada país. Segundo ele, no Brasil já passou por várias cidades e chegou até Guajará-Mirim, onde aproveitou a chance de conhecer também a famosa serra.
"O mundo tem muita coisa para se ver e no Brasil não é diferente. É um pais maravilhoso, de belezas naturais. Quando olho para tudo isso sinto liberdade, prazer em estar vivo. Não tem preço, é uma grande experiência que vou levar para o resto da vida", comento o turista.

Turistas durante passeio pela Serra dos Parecis
Proteção
O órgão responsável por cuidar e preservar a Serra dos Parecis é a Secretária Municipal de Meio Ambiente (Semma). A secretária municipal de meio ambiente, Caroline Mitsutake, falou sobre o fluxo de turistas e do planejamento e políticas públicas voltadas ao ecoturismo e atendimento ao turista no local.
"Vamos trabalhar na revitalização da nossa Serra e reativar o serviço de atendimento ao turista como funcionava antigamente, quando existia um restaurante, pista de pouso e outras atrações. Nosso futuro projeto inclui a instalação de um observatório, uma vez que o local tem grande potencial turístico para se tornar visitado por viajantes do mundo inteiro", diz a servidora.
Segundo Caroline, mais de 90% do território de Guajará-Mirim é composto por reservas legais protegidas por lei e, por isso, é extremamente importante desenvolver projetos voltados ao ecoturismo e desenvolvimento sustentável no município, mas ainda não há prazos para essas ações serem colocadas em prática.
Vista de Serra dos Parecis é motivo de encanto entre turistas
"Não temos datas para colocar as ideias em prática, mas o planejamento existe. Estamos regulamentando a documentação legal necessária para que possamos dar início a revitalização turística no local. A Serra é um dos pontos mais lindos do estado, mas por não termos nenhum base lá ou servidores que possam cuidar do local, infelizmente algumas pessoas praticam vandalismo e depredação. A revitalização visa apreciação da comunidade daqui e também de outros estados e países", finaliza.

Como chegar na serra
O trecho de acesso ao local pode ser feito pela BR Bennesby, através de uma estrada lateral de aproximadamente 1 quilômetro que leva ao pico da serra. Além dessa rota principal, existe ainda uma alternativa que pode ser feita pelas pedras e cachoeiras, preferida pelos esportistas e aventureiros.

Orientações da Polícia Militar
De acordo com a Polícia Militar (PM) algumas orientações são importantes para a segurança dos turistas, principalmente de outras cidades do estado que ainda não conhecem a serra. A corporação ressalta que se deve evitar ir ao local sozinho e principalmente durante a noite, quando existe uma maior possiblidade de assaltos, devido a pouca movimentação.
Apesar das dicas de segurança, muitos turistas não costumam seguir as orientações, principalmente os casais, que costumam subir a serra para namorar ou tirar fotos. Não existe no município um controle para saber a média aproximada de quantos turistas visitam a Serra dos Parecis anualmente.

 Fonte: G1
Enviar
m

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: