Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 20 de março de 2017

Memorial recebe espada do Coronel Jorge Teixeira, cedida pelo afilhado Coronel Chrisóstomo

O evento foi conduzido pelo general Costa Neves, comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, que recebeu o artefato das mãos do doador, coronel de reserva João Chrisóstomo de Moura.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Solenidade na manhã da última sexta-feira, 17, marcou a entronização da espada do coronel Jorge Teixeira ao acervo do memorial dedicado ao militar e ex-governador de Rondônia. O evento foi conduzido pelo general Costa Neves, comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, que recebeu o artefato das mãos do doador, coronel de reserva João Chrisóstomo de Moura.

 A espada passa a ocupar espaço de destaque na sala principal do memorial, antiga residência dos governadores de Rondônia. O objeto estava há mais de três décadas com o coronel Chrisóstomo que foi aluno de Teixeira, em Manaus, quando recebeu a espada de presente, no dia de sua formatura na Escola Militar.
“Ato revestido de simbolismo e emoção para nós familiares, destacou a irmã do coronel João Crisóstomo, Professora Léa Moura (coordenadora regional de ensino em Guajará-Mirim).

Coronel João Crisóstomo ao lado de familiares
 O Memorial Jorge Teixeira é aberto à visitação pública, gratuitamente, de terça a domingo e faz parte dos atrativos turísticos de Porto Velho.

A História de sua espada
O Coronel de Engenharia João Chrisóstomo de Moura, militar da reserva, natural de Tefé-AM, nascido no pelotão de Fronteira de Vila Bitencourt, filho de militar do exército, residiu em Costa Marques-RO de 1960 até o ano 1976, oportunidade em que seu pai, o Cabo Juvino Moura Filho, serviu no Pelotão de Fronteira Forte Príncipe da Beira. Ao completar 16 anos, Chrisóstomo foi mandado para Manaus a fim de estudar e concluir seus estudos no Colégio Militar.
No colégio militar, no ano de 1976, o então aluno Chrisóstomo teve seu primeiro contato com o Coronel Jorge Teixeira, ex-Diretor do Colégio Militar e Prefeito de Manaus. Os anos se passaram e, por ter se destacado como aluno no Colégio Militar, o aluno Chrisóstomo foi selecionado para ingressar na Academia Militar das Agulhas Negras em Resende-RJ no ano de 1980.
Em 1984, ano em que o Cadete Chrisóstomo iria formar-se aspirante na AMAN, seu pai, o Cabo Juvino, agora militar da reserva e Vereador do Município de Costa Marques, em uma de suas diversas ocasiões em que teve oportunidade de encontrar-se com o Teixeirão, Governador do Estado de Rondônia, teve a iniciativa de convidá-lo para que pudesse ser padrinho de seu filho na formatura de formação de Oficiais na AMAN. O Coronel Jorge Teixeira prontamente aceitou o convite pelos seguintes motivos: o Cadete Chrisóstomo era o único cadete do Estado de Rondônia que se formaria naquela turma de oficiais, ainda, havia o cadete sido aluno do Colégio Militar em Manaus do qual o Teixeirão foi diretor. Dessa forma, na cerimônia de formatura da AMAN, o Aspirante Chrisóstomo recebeu a própria espada de Oficial do Exército que o Teixeirão, seu padrinho, carregou em sua vida militar com os seguintes dizeres: “Ao Asp Of. João Chrisóstomo de Moura do Ex Cmt Cel Jorge Teixeira de Oliveira 15 DEZ 1984.
Assim, passados anos, o Coronel Chrisóstomo retorna para residir no estado o qual deixou há 41 anos. Nesta oportunidade, o Coronel, por solicitação do General de Brigada Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves, Comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, em ato solene devolveu a espada do eterno Governador ao povo de Rondônia, para que ela fique em local de destaque e enriqueça ainda mais o acervo do Memorial Jorge Teixeira.
Fonte: O MAMORÉ com informações Seção de Comunicação Social da 17ª Brigada de Infantaria de Selva

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: