Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 18 de fevereiro de 2017

Grupo de amigos adere meditação para reduzir estresse em Guajará

Prática pouco conhecida no município ganha novos adeptos aos poucos. Encontros acontecem uma vez por semana e duram uma hora e meia.
Encontro de amigos durante meditação em Guajará-Mirim
Um grupo de amigos tem se reunido há dez meses para praticar meditação e diminuir o estresse diário, em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. A iniciativa de reunir pessoas para praticar a meditação partiu da arquiteta e atriz Thaiz Lucksis, que convidou alguns amigos para conhecer a prática pouco conhecida no município.
Segundo Thaiz, o objetivo dos participantes na meditação é aliviar o estresse, melhorar a concentração e respiração, além de proporcionar bem estar, paz interior e serenidade no enfrentamento dos desafios cotidianos.
Os encontros do grupo de amigos acontecem há dez em um estúdio no Bairro Santo Antônio, ao lado da residência da artista, sempre a partir das 20h. No início dos encontros eram apenas quatro participantes, mas aos poucos o grupo foi ganhando adeptos e hoje já são 12. A faixa etária dos praticantes é livre, mas atualmente a maioria são adultos.
Ao G1, a idealizadora da formação do grupo de meditação, Thaiz Lucksis, explicou que durante os encontros os participantes fazem exercícios de yoga, leituras de mantras meditação silenciosa e também a meditação mettabhavana (do amor universal). A intenção é que o grupo pratique a meditação diariamente também em casa.
"Aprender a meditação na teoria é um desafio muito grande, mas através da prática temos esse caminho facilitado. Ela é indicada para qualquer atividade humana. Tendo a mente centrada, o rendimento das atividades aumenta até mesmo no esporte, não tem restrições. Um dos pontos mais convidativos é que a mente se aquieta, levando a uma maior clareza das emoções e sentimentos. Assim podemos nos conhecer melhor e sermos pessoas mais justas e melhores", comentou a meditadora.
Thaiz conta ainda que geralmente as sessões duram uma hora e meia. "Em Guajará-Mirim essa cultura foi esquecida e desvalorizada devido à forma de viver das pessoas, sempre com pressa. É importante que todos tenham mais saúde e qualidade de vida e a meditação ajuda nesse processo. Esperamos que mais gente sinta o desejo de conhecer e praticar essa cultura e volte mais vezes", finaliza.
Umas das participantes é a estudante Monique Sampaio, que procurou a meditação para melhorar a qualidade do sono devido aos problemas de insônia. "As pessoas que têm problemas para dormir, como eu, devem meditar, pois é muito bom e ajuda bastante a controlar a ansiedade. Hoje me sinto melhor", contou.
A adolescente Luana Monteiro, de 13 anos, confessa que resolver aderir ao grupo porque passa muito no celular. "Acho que todos precisam relaxar mais e ler mais livros. Eu particularmente passo muito tempo mexendo no celular, acho que todo mundo né? A meditação é muito convidativa e apaixonante, recomendo", diz Luana.
Para tentar aumentar o número de frequentadores, os anúncios das sessões são divulgados em grupos de redes sociais diariamente. A expectativa é que até o final do ano a quantidade de meditadores chegue a 20 praticantes.

Fonte: G1
Enviar
m

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: