Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 3 de janeiro de 2017

Coluna Almanaque - SÉRGIO BOUEZ E O TRABALHO DE HÉRCULES

Por Fábio Marques
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques
As facções contrárias até que tentaram algumas viradas de mesa e jogadas rasteiras, mas no apagar das luzes a vitória triunfal de Sérgio Bouez na eleição para a presidência da Câmara Municipal é fato que não se contesta mais. Por 10 votos favoráveis e apenas uma abstenção, o vereador adentra o seu terceiro mandato com uma dupla incumbência: assumir um mandato-tampão como prefeito de Guajará-Mirim até que ocorram novas eleições e controlar a máquina da Câmara com os suportes precisos para a excelência nos trabalhos da Casa de Leis.
Garoto prodígio da política municipal, Sérgio Bouez tem talento político e estrela para enxergar adiante e, com base na análise dos fatos, adotar as medidas precisas para ajeitar as coisas na coisa pública. Vão ser necessários apenas vontade de administração, critérios técnicos na escolha da equipe de trabalho e lealdade aos projetos e propostas públicas. Sérgio Bouêz, se pretende deixar um bom legado na gestão executiva, vai ter que definir e organizar as demandas da cidade e as metas a se atingir visando as melhorias na qualidade de vida da população.
Para alcançar êxito nesta odisséia, Sérgio Bouez vai ter que trabalhar parcerias. A palavra-chave do sucesso chama-se espírito de cooperação: Prefeitura, Câmara, Associação Comercial, empresas, entidades de filantropia, associações de bairros, órgãos estaduais e federais buscando ajudar a executar ações que impactem na alavancagem sócio-econômica de Guajará-Mirim.
A cidade de Guajará-Mirim apresenta um posição de privilégio. Afora o fato da cidade está situada nos primórdios das entradas e bandeiras do Estado, a geografia física da Cidade Pérola apresenta belezas naturais de múltiplas paisagens. Além dos atrativos naturais, há também os aspectos bilaterais de comércio com a Bolívia cujo movimento atrai turistas de todo o Estado que aportam à cidade à procura de produtos importados. Faturam com este negócio hotéis, pousadas, bares, restaurantes, taxistas e moto-taxistas. Na via inversa, com a moeda nacional perdendo fôlego para o controle cambial, Guajará-Mirim voltou a reforçar suas atividades comerciais com a Bolívia, uma vez que os preços dos produtos nacionais encontram-se mais baratos para os vizinhos do “País Hermano”.
Este é o lado positivo da Guajará-Mirim que se apresenta ao prefeito interino Sérgio Bouez. O lado obscuro apresenta problemas em todos os quadrantes. Desde a limpeza das calçadas até o conserto das avenidas, desde os eventos culturais até o turismo, desde a falta de atenção e remédios no hospital até o atraso no salário dos funcionários, desde as estradas vicinais sem acesso até a superpopulação mortuária no cemitério Santa Cruz. 
Vai ser preciso um empenho incomum para tornar possível projetos que resultem em condições de vida mais condignas para todos os cidadãos. Vai ser preciso dinamismo para tornar realidade as conquistas sociais que esperam e anseiam todos os munícipes. Vai ser preciso arrojo para atacar todos os aspectos negativos que hoje empacam o dínamo propulsor do progresso da antes tão aclamada Cidade Pérola.
Por esta pequena amostra de deveres e obrigações que embutem a balança pública por ocasião do encargo, é que Sérgio Bouez vai ter que executar um trabalho de Hércules. Naquilo que for preciso, toda a Câmara Municipal estará à disposição para ajudá-lo.
Portanto, parabéns e sucesso à Sérgio Bouez nesta dupla jornada!

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: