Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 13 de dezembro de 2016

Menor é apreendido por suspeita de agredir casal com golpes de terçado

Mulher teve mão decepada e marido sofreu traumatismo craniano em Guajará. Agressões ocorreram no último sábado (10) no Bairro Jardim das Esmeraldas.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de
Guajará-Mirim.
Um adolescente de 17 anos foi apreendido durante a madrugada desta segunda-feira (12) por suspeita de agredir um casal com golpes de terçado, na noite do último sábado (10), em Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho. Durante a agressão, a mulher teve a mão esquerda decepada e o marido dela sofreu traumatismo craniano. O crime aconteceu em um bar, no Bairro Jardim das Esmeraldas. Em seguida, o menor teria fugido do local.
Conforme o boletim de ocorrência das agressões, que foi registrado pela Polícia Militar (PM), várias ligações anônimas informaram que um casal havia sido atacado a terçadadas por um adolescente, e estavam gravemente feridos. Quando os policiais chegaram no bar, encontraram a mulher com a mão esquerda decepada e o marido inconsciente, com suspeita de traumatismo craniano. Populares informaram que o jovem havia fugido após o ataque.
O Corpo de Bombeiros foi chamado e prestou os primeiros socorros, em seguida, as vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional Perpétuo Socorro. A PM realizou buscas nas proximidades, na tentativa de apreender o autor das agressões, mas ele não foi localizado.
A mulher, que teve a mão decepada, teve o quadro de saúde estabilizado e está fora de perigo. Já o marido dela foi levado para o Hospital João Paulo II, na capital, em estado grave, e ainda corre risco de morte.
Na manhã desta segunda-feira (12), o delegado responsável pelo caso, Lawrence Lachi, declarou que o adolescente foi apreendido dentro de casa e conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil, para que a integridade física dele fosse resguardada. Segundo ele, o menor estaria sendo ameaçado por populares e deve ser transferido para uma unidade socioeducativa, na capital.
"Segundo o boletim da PM, o menor foi apreendido na própria residência, porque havia um risco à integridade física dele. Alguns populares o estavam ameaçando, pois sabiam que ele tinha sido o autor do ataque ao casal. A medida adequada nesse caso é fazer a comunicação aos órgãos competentes, e também fiz um requerimento pedindo a internação provisória, considerando a gravidade dos fatos", explicou o delegado.

Fonte: G1.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: