Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 3 de dezembro de 2016

Em Guajará-Mirim e Nova Mamoré eleitos são diplomados pela Justiça Eleitoral

Os candidatos eleitos e suplentes de coligações de ambos os municípios de Guajará-Mirim/RO e Nova Mamoré/RO foram diplomados pela Justiça Eleitoral na tarde desta sexta-feira (02), durante solenidade ocorrida na sede do Fórum Nelson Hungria.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os candidatos eleitos e suplentes de coligações de ambos os municípios de Guajará-Mirim/RO e Nova Mamoré/RO foram diplomados pela Justiça Eleitoral na tarde desta sexta-feira (02), durante solenidade ocorrida na sede do Fórum Nelson Hungria.

 A solenidade de Diplomação foi conduzida pelo Juiz Eleitoral Paulo José do Nascimento Fabrício, responsável pela 1ª Zona Eleitoral, que abrange os municípios de Guajará-Mirim e Nova Mamoré. Foram empossados em Guajará-Mirim 11 vereadores eleitos e 11 suplentes, e em Nova Mamoré também serão 11 novos vereadores e 11 suplentes. O prefeito e vice prefeito eleito no último pleito em Nova Mamoré também foram empossados, já o candidato a prefeito mais votado em Guajará-Mirim não foi empossado, pois está segue com a candidatura indeferida e recorre no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília (DF).
Os eleitos e suplentes, serão empossados no dia 1º de janeiro de 2017 durante solenidade realizada na Câmara de Vereadores de cada município, conforme rege a Lei Orgânica dos municípios. No caso de Guajará-Mirim, no dia 1º de janeiro, o candidato a presidente da Câmara de Vereadores que for eleito deverá responder pelas ações do Poder Executivo da Pérola do Mamoré, que ficará a partir do dia 31 de dezembro deste ano sem prefeito. Enquanto o STF define a situação de Antônio Bento do Nascimento, candidato mais votado. Caso seja novamente indeferida sua candidatura, novas eleições ocorrerão no município e sem data ainda prevista.
Em entrevista recentemente, o Juiz Eleitoral Paulo José do Nascimento Fabrício falou sobre as providências que serão tomadas, caso o candidato perca o recurso. "Caso ele perca o recurso, teremos novas eleições para eleger o prefeito de Guajará-Mirim, creio que até o final deste ano o resultado final seja divulgado e possamos ter uma nova data para outra eleição", explicou o magistrado.

Fonte: O MAMORÉ.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: