Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 2 de novembro de 2016

4ª edição dos Jogos Escolares da Pérola é realizada em Guajará-Mirim

Competição reúne cerca de 300 alunos de 9 a 13 anos, nas modalidades de queimada e atletismo. Só escolas do município participam
Queimada é uma das modalidades disputadas no JEP
Alunos de escolas municipais, estaduais e particulares de Guajará-Mirim estão participando da quarta edição dos Jogos Escolares da Pérola, JEP. Neste ano são disputadas somente as modalidades de queimada e atletismo, diferente de 2015 quando eram dez modalidades esportivas, nas categorias masculina e feminina. A competição teve início na última segunda-feira, 31, e a previsão é que seja encerrada no dia 8 de novembro. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Semcet, cerca de 300 estudantes de 9 a 13 anos participam do torneio escolar.
 Nesta edição dos jogos, somente sete escolas confirmaram presença no evento. As escolas Novo Milênio, Irmã Hilda, Durvalina Estilben de Oliveira, Cândida Maria Moura de Paula, Paulo Saldanha, Presidente Eurico Gaspar Dutra e Capitão Godoy foram as únicas a confirmarem inscrição no JEP. Apesar de ser uma competição escolar, o JEP acontece apenas no âmbito municipal e não possui nenhuma relação com os Jogos Escolares de Rondônia, Joer.
Segundo a coordenação do JEP, as provas de queimada estão sendo realizadas na quadra poliesportiva da Escola Estadual Capitão Godoy, no Bairro São José. Pela manhã as meninas entram em quadra, já os meninos só jogam à tarde. As disputas na modalidade de atletismo devem acontecer na pista do Ginásio Poliesportivo Afonso Rodrigues, nos dias 3 e 4. O torneio encerra no dia 8, com a fase final da queimada.
A torcida comparece em peso, deixando os jogos ainda mais emocionantes. Cada equipe tem dez atletas, e o objetivo principal é acertar uma bolada no adversário, tirando-o da disputa. O time que tiver mais jogadores intactos no final do tempo estipulado ou que conseguir queimar todos os adversários é o campeão da partida.

Alexandra na disputa de queimada
O professor de educação física e coordenador do JEP, Fredson Martins, explica que houve uma redução das modalidades disputadas e falou também sobre a importância e expectativa da realização da competição no município.
– Tivemos que reduzir a quantidade de modalidades comparado a edição anterior, mas entendemos que temos que desenvolver a prática esportiva no ambiente escolar para dar disciplina e incentivar as crianças procurar um esporte que tenha mais identificação – declarou o educador.
Uma das alunas é a pequena Alexandra Pacamia Camaconi, de 12 anos, que estuda no 5º ano da Escola Municipal Irmã Hilda. A atleta da modalidade de queimada acha importante participar das provas e ser reconhecida como uma boa jogadora.
– Treino todo dia com minhas amigas e o professor de educação física. Sinto orgulho de jogar pela minha escola e quero que me notem, que me achem interessante e boa jogadora. Eu acho que jogo bem, mas quero que todos vejam – disse Alexandra.
A premiação para os finalistas de cada modalidade são troféus e medalhas de honra ao mérito.

Fonte: Globo Esporte.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: