Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 8 de outubro de 2016

Veja as 100 escolas de Rondônia que tiveram maiores notas no Enem 2015

Médias das provas objetivas foram divulgadas pelo MEC. Entre as 100 primeiras do estado, nove são da rede privada.
O Ministério da Educação (MEC) divulgou na terça-feira (4) o resultado final que as escolas tiveram no Vilhena (RO) é o único da rede pública que aparece no top 10.
Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015. Nove das 100 melhores escolas pontuadas em Rondônia, segundo o MEC, pertencem à rede privada. O Instituto Federal de Rondônia (Ifro) de

(Consulte: nota de todas as escolas brasileiras)
No ranking de desempenho no Enem, a Escola Família Agrícola Padre Ezequiel Ramim de Cacoal (RO) também aparece entre as 100 melhores. A instituição filantrópica atende alunos filhos de produtores da agricultura familiar.
Porto Velho lidera a lista das melhores pontuadas. Das dez melhores, de acordo com o MEC, a capital ocupa a 1ª, 2ª, 3ª e 7ª posição.

Nome da escola (cidade) - rede de ensino - média nas provas objetivas
1) Colégio Objetivo Mais (Porto Velho) – privada - 659,27
2) Centro de Ensino Classe A (Porto Velho) – privada – 619,05
3) Colégio Classe A (Porto Velho) – privada – 596,80
4) Colégio Clarice Lispector (Rolim de Moura) - privada – 570,49
5) Cooperativa Educacional de Vilhena (Vilhena) – privada - 570,47
6) Colégio Dinâmico Educação Básica (Ariquemes) – privada- 560,54
7) Centro Educacional Objetivo (Porto Velho) – privada – 551,85
8) Epeb Santa Lucia Filippini (Vilhena) – privada -551,63
9) Colégio Adventista de Ji-Paraná (Ji-Paraná) – privada - 546,29
10) Instituto Federal de Rondônia (Vilhena) – federal – 544,32
11) Escola Daniel Berg (Cacoal) – privada – 544,22
12) Escola Monteiro Lobato (Espigão D'Oeste) – privada -542,51
13) Centro Educacional Objetivo (Porto Velho) – privada – 541,81
14) Colégio Dom Bosco (Porto Velho) – privada – 539,10
15) Colégio Professor Vanks (Vilhena) – privada – 537,68
16) Centro Educacional Isolina Ruttmann (Vilhena) – privada – 533,71
17) Instituto Laura Vicuna (Porto Velho) – privada – 531,25
18) Centro Educacional Professor Paulo Freire (Pimenta Bueno) – privada – 530,82
19) Colégio Drummond (Machadinho D’Oeste) – privada – 529,88
20) EPEFM Toufia Tanous Bouchabki (Guajará-Mirim) – privada – 527,22
21) Colégio Tiradentes Da Policia Militar (Porto Velho) – estadual – 527,04
22) Colégio Uneouro (Ouro Preto do Oeste) – privada – 526,14
23) Centro Educacional Memorina Rosa Campos (Cacoal) – privada – 525,23
24) Centro Educacional Dr Gilberto Mendes De Azevedo (Porto Velho) – privada – 524,87
25) Colégio Adventista De Porto Velho (Porto Velho) – privada – 522,81
26) Centro De Ensino Mineiro (Porto Velho) – privada – 521,96
27) Instituto Adventista Da Amazônia Ocidental (Mirante da Serra) – privada – 518,19
28) EEEB Prof Joao Bento Da Costa (Porto Velho) – estadual – 513,49
29) EEEFM Marcelo Candia Subsede I (Porto Velho) – estadual – 513,33
30) EEBP Antônio Sanchez De Larragoiti Y Curdumi (Cacoal) – privada – 512,08
31) EEEFM Barão Do Solimões (Porto Velho) – estadual – 511,01
32) EEEFM Cora Coralina (Cacoal)- estadual – 510,66
33) Centro Educacional Inovação (Guajará-Mirim) – privada – 510,24
34) EPEFM Terra Nova (Porto Velho) – privada – 509,94
35) Centro Educacional São Paulo – CEDUSP (Ji-Paraná) – privada – 509,69
36) Escola Anísio Teixeira (Porto Velho) – estadual – 506,80
37) EEEM Jovem Goncalves Vilela (Ji-Paraná) – estadual – 500,94
38) EEEFM Cel Aluízio Pinheiro Ferreira (Rolim de Moura) – estadual – 500,14
39) EEEFM Marechal Candido Rondon (Novo Horizonte) – estadual – 499,90
40) EEEFM Joaquim De Lima Avelino (Ouro Preto do Oeste) – estadual – 498,88
41) EEEFM Marechal Castelo Branco (Porto Velho) – estadual – 597,65
42) EEEFM Alberto Nepomuceno (Machadinho D’Oeste) – estadual – 596,63
43) EEEFM Heitor Villa Lobos (Ariquemes) – estadual – 596,44
44) EEEFM John Kennedy (Porto Velho) – estadual – 496,20
45) EEEFM 28 De Novembro (Ouro Preto do Oeste) – estadual – 595,47
46) EEEFM Alvares De Azevedo (Vilhena) – estadual – 595,34
47) EEEFM Raimundo Euclides Barbosa (Pimenta Bueno) – estadual – 595,29
48) EEEFM Goncalves Dias (Ji-Paraná) – estadual – 595,25
49) EEEFM Tubarão (Vale do Paraíso) – estadual – 495,05
50) Instituto Maria Auxiliadora (Porto Velho) – privada – 492,96
51) EEEFM Jose Otino De Freitas (Porto Velho) – estadual – 492,82
52) EEEM Josino Brito (Cacoal) – estadual – 492,67
53) EEEFM Aurelio Buarque De Holanda Ferreira (Nova Brasilândia) – estadual – 492,34
54) EEEFM Jose Rosales Dos Santos (Rolim de Moura) – estadual – 491,79
55) EEEFM Capitão Silvio De Farias (Jaru) – estadual – 491,63
56) EEEFM Raimundo Cantanhede (Jaru) – estadual – 491,44
57) EEEFM Gov Petronio Barcelos (Porto Velho) – estadual – 491,32
58) EEEFM Rio Urupá (Ji-Paraná) – estadual – 491,13
59) EEEFM Tancredo De Almeida Neves (Cerejeiras) – estadual – 490,92
60) EEEM Major Guapindaia (Porto Velho) – estadual – 490,64
61) EEEFM Prof Dayse Mara De Oliveira Martins (Jaru) – estadual – 490,37
62) EEEFM Candido Portinari (Rolim de Moura) – estadual – 489,46
63) EEEFM Brasília (Porto Velho) – estadual - 489,45
64) EEEFM Professor Salomão Silva (Nova Mamoré) – estadual – 489,10
65) Cooperativa De Profissionais Em Educação (Jaru) – privada – 488,62
66) IEE Carmela Dutra (Porto Velho) – privada – 487,56
67) EEEFM Zilda Da Frota Uchoa (Vilhena) – estadual – 486,79
68) EEEFM Paulo Freire (Itapuã do Oeste) – estadual - 486,75
69) EEEFM Nilson Silva (Rolim de Moura) – estadual – 486,20
70) EEEFM 7 de Setembro (Espigão D’Oeste) – estadual – 485,62
71) EEEFM Dona Benta (Presidente Médici) – estadual – 485,40
72) EEEFM Prof Paulo Freire (Presidente Médici) – estadual – 485,33
73) EEEFM Presidente Emilio Garrastazu Médici (Presidente Médici) – estadual – 485,17
74) EEEFM Tancredo De Almeida Neves (Rolim de Moura) – estadual – 484,59
75) EEEFM Machado De Assis (Vilhena) – estadual – 484,42
76) EEEFM Lauro Benno Prediger (Ji-Paraná) – estadual – 484,09
77) EEEFM Artur Da Costa E Silva (Alto Alegre) – estadual – 483,64
78) EEEFM Tupa (Ji-Paraná) – estadual – 483,64
79) EEEFM Nilo Coelho (Ministro Andreazza) – estadual – 483,10
80) EEEFM Shirlei Ceruti (Vilhena) – estadual – 482,90
81) EEEFM Joaquim Pereira Da Rocha (Machadinho D’Oeste) – estadual - 482,40
82) EEEFM Julio Guerra (Ji-Paraná) – estadual – 481,30
83) EEEFM Carlos Drummond De Andrade (Candeias do Jamari) – estadual – 481,26
84) EEEFM Marcos Bispo Silva (Ji-Paraná) – estadual – 481,16
85) Centro Educacional Mojuca (Porto Velho) – privada – 481,08
86) EEEFM Francisca Julia Da Silva (Castanheiras) – estadual – 480,75
87) EEEFM Marechal Rondon (Vilhena) – estadual – 480,47
88) EEEFM Aurélio Buarque De Holanda Ferreira (Monte Negro) – estadual – 479,91
89) EEEFM Juscelino Kubitschek De Oliveira (Alta Floresta) – estadual – 479,67
90) EEEFM Buriti (Buritis) – estadual - 479,04
91) EEEFM Marechal Cordeiro De Farias (Pimenta Bueno) – estadual – 478,50
92) Escola Médio Família Agrícola Pe Ezequiel Ramin (Cacoal) – privada – 478,47
93) EEEFM Carlos Drumond De Andrade (Presidente Médici) – estadual – 478,31
94) EEEFM Plácido De Castro (Jaru) – estadual – 478,21
95) EEEFM Prof Jose Francisco Dos Santos (Ji-Paraná) – estadual – 477,52
96) EEEFM Maria Arlete Toledo (Vilhena) – estadual – 477,21
97) EEEFM Oswaldo Piana (Seringueiras) – estadual – 477,04
98) EEEFM Estudo E Trabalho (Porto Velho) – estadual – 477,00
99) EEEFM Simon Bolivar (Guajará-Mirim) – estadual – 476,73
100) EEEFM Cap Claudio Manoel Da Costa (Porto Velho) – estadual – 476,64

Entenda a nota do Enem por escolas
Todos os anos, o governo federal divulga a nota média que os alunos de uma escola tiveram no Enem. O requisito para a escola ser incluída na divulgação é que pelo menos 50% dos alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio em um determinado ano tenham feito a prova do Enem. Se a sua escola não aparece na planilha geral, o motivo pode ser que ela não preencheu este requisito.
Em relação ao Enem 2015, foram divulgadas as notas de 14.998 escolas públicas e privadas brasileiras. O governo sempre divulga as médias de cada uma das quatro provas objetivas (linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza) e da prova de redação.
O MEC ressalta que a comparação de escolas apenas pela nota do Enem não é adequada, porque não leva em consideração outros fatores determinantes para a qualidade de ensino de cada instituição, como a formação e professores, o tamanho da escola, a seleção de alunos e o padrão de vida das famílias dos estudantes.

Fonte: G1.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: