Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 26 de outubro de 2016

Trio foge de Unidade de Internação da Capital; um deles é acusado de cometer roubos em Guajará

“O trio que fugiu hoje da unidade são os mesmos que deixou um rastro de destruição e medo na semana passada”, afirmou um servidor.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma fuga foi registrada nesta terça-feira (25) na Unidade de Internação Masculina Setenciada II, que fica localizada na Avenida Amazonas, Bairro Escola de Polícia, Zona Leste de Porto Velho.

O trio de adolescentes é de altíssima periculosidade, entre eles, o acusado de matar a professora Ângela Maria Veloso da Silva, de 41 anos, na saída do show das “Coleguinhas” que aconteceu no mês de maio deste ano. Um deles também é o adolescente que foi encaminhado para a Unidade após a tentativa de roubo de uma motocicleta modelo Bros, no último dia 16, quando também foi cumprido mandado de apreensão. O adolescente foi reconhecido por vítimas de roubo de veículo como autor dos crimes. 

Segundo as informações, o trio aproveitou o momento da atividade física, escalaram as grades e investiram contra os socioeducadores que estavam na área externa, e por pouco uma das vítimas não foi atingido com pauladas. O trio antes de lograr êxito na fuga chegou a afirmar que nas ruas as coisas são diferentes.
Há cerca de uma semana atrás, o jornal veiculou a matéria com o título, “TERROR ASSOLA PRESÍDIOS E UNIDADES DE INTERNAÇÃO DA CAPITAL”, que trazia à tona as facções criminosas instaladas também no sistema socioeducador. A verdade, é que diariamente os servidores realizam suas atividades debaixo de uma opressão emocional e física, pois as frases “Eu vou te matar agente”, “Eu vou dar um fim na tua família seu verme”, “Tu vai chorar que nem um condenado, a justiça está ao meu favor”, são constantes.

“O trio que fugiu hoje da unidade são os mesmos que deixou um rastro de destruição e medo na semana passada”, afirmou um servidor. Essa não é a primeira vez que o jornal veicula matérias sobre denúncias, como, a falta de estrutura, equipamentos de segurança. Com mais esse registro, a soma de adolescentes infratores subiu para oito.

Fonte: Rondônia News e O MAMORÉ.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: