Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 1 de setembro de 2016

Obra dos barracões dos bois bumbás é iniciada

. Os barracões estão sendo construídos ao lado do Estádio Municipal João Saldanha.
Autoridades durante visita à obra.
A deputada federal Marinha Raupp (PMDB) comemorou o início das obras de construção de dois Centros Culturais dos bois-bumbás de Guajará-Mirim. Os barracões estão sendo construídos ao lado do Estádio Municipal João Saldanha e a poucos metros da arena, para abrigar as agremiações dos bois bumbás Flor do Campo e Malhadinho. E serão utilizados para armazenar e confeccionar as alegorias, peças e figurinos dos bois.
O senador Valdir Raupp e a deputada federal Marinha Raupp, conseguiram os recursos junto ao Ministério do Turismo, totalizando R$ 2 milhões e 160 mil para sua construção. Os recursos foram repassados ao Governo do Estado que, através do DER, se encarregará de executar as obras e conta com o apoio da SETUR.
O Duelo na Fronteira é uma das principais festas culturais do Estado, e atrai visitantes também de outros países. E até chegar às apresentações dos grupos folclóricos, as dificuldades são muitas, começando pela falta de um lugar adequado para produzir o que é usado pelos brincantes.
A construção desses dois barracões vai incrementar cada vez mais o Festival de bois-bumbás de Guajará-Mirim de grande repercussão no país e no exterior, destacou o senador Raupp. Para a deputada Marinha Raupp, o Festival atrai turistas de dentro e fora do Estado, gera emprego, renda no comércio local, além de contribuir para o desenvolvimento do município.
Os barracões estão sendo feitos numa área de três mil e quarenta metros quadrados. A previsão é de que as obras sejam concluídas até o mês de dezembro.

Fonte: Comunicação Marinha Raupp 
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: