Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 28 de setembro de 2016

Campanha de Multivacinação acontece em seis postos de Guajará

Campanha iniciou no último dia 19 e encerra no próximo dia 30. 'Dia D' aconteceu no sábado, 24, em seis bairros do município.
Multivacinação em Guajará-Mirim continua até dia 30 de setembro.
Seis postos de saúde realizam atendimentos seguindo o cronograma oficial da Campanha Multivacinação, que acontece desde o dia 19 em Guajará-Mirim (RO), cidade distante a 330 quilômetros de Porto Velho, e segue até o dia 30 deste mês. A campanha é realizada em todo Brasil com objetivo de atualizar as cadernetas de vacina de pacientes na faixa etária de 0 a 5 e 9 a 15 anos.
O 'Dia D' foi realizado no último sábado (24) em seis bairros do município e atendeu 292 pacientes. As crianças e adolescentes receberam vacinas contra Poliomielite, Rotavírus, Pneumocócica, Meningocócica, DPT (Difteria, Tétano e Coqueluche) Tetra Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela), Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola), Febre Amarela, Antitetânica e Papiloma Vírus Humano (HPV).
Dia D de Multivacinação em Guajará-Mirim
aconteceu no sábado, 24
De acordo com o Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Nuvepa) os pontos de atendimentos onde as vacinas podem ser aplicadas são os postos de saúde Carlos Chagas (Bairro Almirante Tamandaré), Sandoval Meira (Bairro Serraria), Maria Augustinho (Bairro 10 de Abril), Altamiro Barroso (Bairro Próspero), Delta Oliveira Martins (Bairro Jardim das Esmeraldas) e também na Igreja Santa Luzia (Bairro Santa Luzia), das 7h às 17h30.
Em entrevista na manhã desta segunda-feira (26), a coordenadora da rede de imunização do Nuvepa, Keila Sicsú, falou sobre a importância da campanha nas zonas urbana e rural do município. Segundo ela, não há uma meta específica em relação a quantidade de vacinas aplicadas, pois o objetivo é vacinar o maior número possível de crianças e adolescentes.
“Temos uma estratégia de atuação para atender toda a demanda urbana, além dos ribeirinhos e localidades rurais. Nossa meta é vacinar todos que estiverem com o cartão de vacina atrasado, não temos quantidade prevista. É crucial que os responsáveis levem os filhos nessa faixa etária para receber as devidas doses que faltam, pois somente assim vamos conseguir imunizar os pacientes contra essas doenças”, declarou a servidora.
Ainda de acordo com o Nuvepa, 36 servidores estão trabalhando na Campanha Multivacinação para atender a demanda. Para receber a vacina não é necessário levar nenhum tipo de documentação pessoal, apenas o cartão de vacina de quem vai ser atendido. Se o paciente não tiver caderneta ou tiver perdido, o atendimento será realizado normalmente e uma nova caderneta com as doses atualizadas será entregue.

Fonte: G1.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: