Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 7 de setembro de 2016

Após lesão, atleta de RO leva título no Open Internacional de Jiu-Jítsu no AM

O atleta de 33 anos, natural de Guajará-Mirim, conquistou quatro medalhas no Manaus Internacional Open Jiu-Jítsu Championship, no estado do Amazonas.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apaixonado pelo jiu-jítsu e dedicado aos treinamentos há 11 anos, Eduardo Assunção considera a arte suave como seu estilo de vida e luta para realizar o sonho de ser campeão mundial da modalidade. O atleta de 33 anos, natural de Guajará-Mirim, conquistou quatro medalhas no Manaus Internacional Open Jiu-Jítsu Championship, que foi realizado no último sábado, 3, no estado do Amazonas. 
Eduardo Assunção ficou com um ouro e três pratas.
O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu, CBJJ, em conjunto com a Federação Internacional de Jiu-Jítsu, IBJJF. Lutadores de vários países participaram da disputa por medalhas em diversas categorias com kimono e também sem kimono.
Eduardo, que é faixa marrom, foi campeão na categoria master peso pesado até 94 kg e conquistou o segundo lugar nas categorias absoluto master 1 até 94 kg, peso pesado sem kimono - master 1 até 91 kg e absoluto sem kimono - master 1 até 94 kg. O rondoniense foi o único competidor faixa marrom que ganhou medalhas em todas as categorias master que disputou.
Satisfeito com o desempenho, ele relembra que os treinos pesados de quatro horas por dia em dois períodos foram um grande sacrifício, mas valeram a pena. Um mês antes do torneio chegou a desistir de competir, devido a uma grave lesão no joelho, mas encontrou motivação na família e alunos de academia para se recuperar a tempo.
– Foram lutas de alto nível, pois os lutadores são muito bem preparados, fora da nossa realidade. Ganhei quatro medalhas, mas foi duro, uma verdadeira guerra. Não lutei 100% porque estou vindo de uma lesão e tive que subir de categoria devido aos quilos a mais que ganhei. Torci o joelho durante um treino e me lesionei gravemente, mas minha esposa, família e também meus aluno me animaram e não me deixaram desistir – comentou emocionado.
Após a conquista das quatro medalhas, Assunção ainda quer participar este ano do Campeonato Sul-Americano realizado em Santa Catarina e de uma etapa do estadual que deve ser realizada em Porto Velho, em dezembro.
– Estou feliz e sei que posso subir muito mais, por isso vou treinar pesado. Meu foco é participar neste ano dessas outras competições, se tudo der certo tenho certeza que vou representar bem a arte suave. Quero chegar ao meu máximo, sem lesões – projeta o lutador. 
 
Eduardo em segundo lugar no pódio do Open.
  
 Fonte: G1.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: